Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Sexta, 19 de Agosto de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Março registra maior número de cheques devolvidos

Paulo Montoia / ABr - 12 de abril de 2006 - 16:37

O mês de março registrou o maior índice de devolução de cheques sem fundo do sistema bancário de compensações do país, segundo o balanço divulgado hoje (12) pela empresa privada de consultoria Serasa. No período, foram recusados 24,3 cheques a cada mil compensados no mês, número que é o maior da série da pesquisa, iniciada em 1991. O recorde anterior pertencia a março do ano passado, com 20,8 cheques devolvidos por mil processados.

Em relação a fevereiro, a devolução de cheques por falta de fundos cresceu 20,9% e 16,8% na comparação com março do ano passado. De fevereiro para março deste ano, o volume de cheques emitidos aumentou 34%, embora o volume total em março de 2006 tenha caído em relação ao mesmo período do ano passado: 166,5 milhões frente 170,4 milhões.

Do ano passado para cá, as devoluções passaram de 3,5 milhões para 4 milhões no mês. No primeiro trimestre de 2006, o volume de cheques emitidos somou 447,9 milhões, dos quais 9,5 milhões devolvidos, frente a 492,2 milhões de emitidos e 8,5 milhões de recusados nos três meses iniciais de 2005.

Por meio de comunicado, a Serasa atribuiu o aumento da inadimplência à preferência dos comerciantes pelo pagamento com cheques pré-datados em lugar do cartão de crédito e outras formas usuais; ao maior comprometimento da renda dos consumidores com os parcelamentos assumidos em prazos mais longos no Natal de 2005; e ao aumento no volume de crédito concedido em todas as modalidades.

A empresa também destaca que a concentração de impostos e despesas característicos do início de ano também dificulta o orçamento doméstico nesse período, com seu "momento mais crítico" justamente em março, "o que faz com que sazonalmente o mês registre o maior índice de cheques sem fundos do ano".

SIGA-NOS NO Google News