Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quinta, 23 de Setembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Maikon Leite é a novidade no Santos; Léo no TJD

Klaus Richmond , FPF - 05 de março de 2009 - 15:52

Com a semana livre para trabalhar, o Santos ganhou na última quarta-feira mais um reforço para a sequência desta temporada: o atacante Maikon Leite, que retorna as atividades físicas após mais de seis meses parado. Em recuperação de uma grave lesão no joelho direito, o jogador, que superou a previsão de retorno, começou a trabalhar a parte física.



Satisfeito com a rápida evolução, o gerente de futebol do clube, Ocimar Bolicenho, enalteceu o trabalho desenvolvido para o atleta. “Pelo prognóstico, a sua volta seria apenas em agosto. Sinceramente, foi bom para todo mundo. Para quem ficaria, pelo menos, um ano parado é algo maravilhoso. Estamos extremamente felizes com o seu retorno”, disse.



Apesar da boa nova, o Santos terá mais uma dor de cabeça: o lateral-esquerdo Léo, expulso na partida contra o Botafogo, será julgado no TJD (Tribunal de Justiça Desportiva). Enquadrado no Artigo 253 (praticar agressão física contra o árbitro ou seus auxiliares, ou contra qualquer outro participante do evento desportivo) e no 255 (praticar ato de hostilidade contra adversário ou companheiro de equipe), o atleta poderá pegar, caso apenado, de 120 a 540 dias ou de uma a três partidas, respectivamente. Na hipótese de punição em ambos os artigos, o Artigo 255 é o primeiro a ser cumprido.



“Relaciono esse caso ao do Molina e sinto, exatamente, a mesma tranquilidade. Tenho ainda mais confiança de que o Léo não será suspenso, pois, na verdade, não houve sequer o contato físico (com o jogador do Botafogo). Há um certo exagero no relatório do árbitro”, ressaltou Bolicenho, que espera pela absolvição do atleta



As outras novidade ficaram pela promoção do meia Alan Patrick e do atacante André, destaques do clube na Copa São Paulo. “Promovemos os dois, pois demonstraram muito potencial. No caso do [meia] Breitner, foi apenas uma opção. Ele estava no profissional e, por não ser aproveitado, desceu para a equipe júnior”, explicou.



Além de Breitner, quatro jovens atletas também foram emprestados para a Portuguesa Santista, que passa por dificuldades na Série A2 do Campeonato Paulista. “São quatro jogadores:o goleiro Felipe, o zagueiro Diego Monar, o lateral-esquerdo Anderson Planta e o atacante Daniel. A vantagem é dar oportunidade e, principalmente, acompanhar o possível crescimento de perto”, finalizou.


SIGA-NOS NO Google News