Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 22 de Setembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Lula vai inaugurar a ponte do Alencastro

Agência Popular - 04 de setembro de 2003 - 09:52

O governador Zeca do PT e o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, devem inaugurar durante a Semana de Mato Grosso do Sul – período em que o Estado vai comemorar 26 anos de criação do dia 4 ao dia 11 de outubro – três importantes obras viárias (a Ponte de Alencastro, o trecho final da BR-267 entre Jardim e Porto Murtinho e a MS-157 entre Maracaju e Itaporã) e lançar mais duas (a recuperação da BR-163 entre Campo Grande e Coxim e a restauração da BR-262 entre Miranda e Corumbá).

A ponte suspensa sobre o Rio Paranaíba ou Ponte de Alencastro liga o município sul-mato-grossense de Paranaíba a cidade mineira de Iturama e está na importante rota de escoamento da produção agrícola do Bolsão para o porto de Santos (SP). A obra foi iniciada na década de 80, mas à construção foi paralisada porque o governo de Minas Gerais não liberou os recursos relativos a sua contrapartida do projeto.

A retomada da obra com investimento de R$ 10 milhões da União, foi anunciada pelo presidente Lula no dia 27 de março, durante a abertura da 65ª Exposição Agropecuária e Industrial de Campo Grande (Expogrande). Além de sua importância estratégica para o desenvolvimento da região do Bolsão, a ponte pênsil, construída com tecnologia italiana, será um cartão postal de Paranaíba.

O presidente e o governador entregam também a pavimentação dos últimos 4,5 quilômetros da BR-267 no trecho entre Jardim e Porto Murtinho, que tem 213 quilômetros de extensão. A pavimentação entre os dois municípios foi iniciada em 1988. Na administração de Zeca, foram pavimentadas 43 quilômetros dos 48 que restavam. A obra só não foi concluída em razão do corte das verbas federais. No mês passado, a obra foi retomada e será concluída até a vinda do presidente.

Já com a entrega da MS-157 que liga Maracaju a Itaporã, o governador e o presidente põe fim ao ciclo das rodovias intermináveis em Mato Grosso do Sul. A MS-157, assim como a MS-382 (Guia Lopes da Laguna-Bonito), MS-162 (Sidrolândia-Maracaju) e a MS-080 (Corguinho-Rochedo) tinham sido iniciadas em outras administrações e não foram concluídas por poucos quilômetros. Entretanto, na administração de Zeca, com recursos do Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de Mato Grosso do Sul (Fundersul) foram retomadas e todas concluídas.

No caso da MS-157, o governo do Estado está concluindo com R$ 17,2 milhões do Fundersul, 31 dos 64 quilômetros da estrada, além de construir a ponte sobre o Rio Santa Maria, de 110 metros de extensão.

Mais obras – Além de entregar obras, o presidente também faz o lançamento da recuperação de importantes trechos do sistema viário de Mato Grosso do Sul. Lula autoriza a liberação de recursos para a recuperação dos 258 quilômetros da BR-163 no trecho entre Campo Grande e Coxim e dos 220 quilômetros da BR-262 entre Miranda e Corumbá.

A recuperação do trecho Miranda e Corumbá da BR-262 será modelo para todo o País. A rodovia receberá primeira uma base de concreto e sobre ela o asfalto. Ao longo da estrada também serão instalados mirantes para que os turistas possam contemplar as belezas naturais do Pantanal. O investimento no empreendimento será de aproximadamente R$ 90 milhões.(Anderson Viegas )

SIGA-NOS NO Google News