Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Domingo, 26 de Setembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Limpeza em excesso pode provocar inflamações no ouvido

Agência do rádio - 05 de fevereiro de 2009 - 07:52

Quem gosta de freqüentar piscinas ou praias precisa tomar cuidado para não ter inflamação nos ouvidos, as chamadas otites. Principalmente no verão, quando a umidade está mais alta, o excesso de água dentro das orelhas pode ser perigoso e gerar um acúmulo de bactérias. O otorrinolaringologista Vicente Martins diz que o grande erro é tirar a cera do ouvido, que funciona como uma proteção natural. De acordo com ele, as pessoas que limpam o canal auditivo estão mais sujeitas a infecções.


"A primeira coisa que se deve evitar é não introduzir absolutamente nada no ouvido. Essa história do cotonete para secar as dobrinhas, se você pegar uma caixa de cotonete e ler está escrito lá: não introduzir no conduto auditivo. Porque o ouvido, ele é auto-limpante. Ele tem um movimento de descamação do meio do tímpano para fora, sempre jogando tudo do meio pra fora, e aí as pessoas compram pensando exatamente em introduzir isso no conduto auditivo com o qual remove a cera. Quando você removeu a cera, você lesou lá dentro, pronto, é uma porta aberta para bactéria."


O médico diz que quem está com a inflamação sente muita dor no ouvido, que começa com uma coceira e pode gerar uma secreção. A dica para evitar uma otite externa é secar bem as orelhas com uma toalha depois de nadar ou mergulhar, evitar entrar em águas sujas e, quando sentir água no ouvido, deixar escorrer inclinando a cabeça para os dois lados e apertando a orelha em diferentes direções.


Reportagem, Mariana Abreu

SIGA-NOS NO Google News