Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 26 de Janeiro de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Legião de motoqueiros acompanha carreata da Fifa e CBF

Ângela Kempfer, Campo Grande News - 03 de fevereiro de 2009 - 17:19

Acompanhando a carreata da comissão da Fifa por Campo Grande, uma legião de motoqueiros usa a buzina para marcar o tom da manifestação de apoio a Campo Grande como sub-sede da Copa.

Dois helicópteros fazem um sobrevôo por Campo Grande com técnicos da Fifa, na região do Parque dos Poderes. Em terra, uma multidão na região do Parque das Nações Indígenas olha curiosa a passagem.

Os olhares só mudam de direção quando o ônibus de city tur passa, rapidamente pelos altos da Afonso Pena. A bordo, além de representantes da CBF e da Fifa, o governador André Puccinelli, o prefeito Nelsinho Trad e a musa da campanha pela Copa, Luiza Brunet.

O grupo é recebido com fogos no parque dos Poderes e seguido pelos motoqueiros, alguns ainda com pastas penduradas, como se tivessem parado por alguns instantes o trabalho para festejar a possibilidade de Campo Grande ser subsede da Copa do Mundo em 2014.

As imagens são de mobilização geral, com gente correndo pelos canteiros da Afonso Pena e centenas de carros com bandeiras.

Expectativa - Depois da passagem da comitiva da Fifa, os campo-grandenses falam da emoção de saber que está nas mãos do grupo a escolha da Capital como subsede da Copa do Mundo de 2014.

Para o comerciante Jaile Pereira, de 40 anos, foi emocionante ver a torcida que as pessoas fizeram nas ruas. “Eu acho que foi uma das recepções mais calorosas que a comissão da Fifa já teve”, ressalta.

O motorista aposentado Milton Marcelino, de 66 anos, veio de Minas Gerais passar férias com a filha em Campo Grande e acabou acompanhando a festa da população. “Se depender da animação do pessoal, Campo Grande será escolhida”, diz ele.

Segundo a professora Luciene de Góes, de 47 anos, a participação das pessoas no evento de recepção foi uma verdadeira expressão de patriotismo. “Quando vi a comissão passando tive um sentimento de brasileira”, conta.

A esperança de Luciene é que com a Copa os campo-grandenses comecem a se interessar pelo futebol local. “Talvez com a Copa vindo pra cá renasça o nosso futebol”, comenta.

Karine da Cruz, de 17 anos, é estudante e também foi para a Avenida receber a comissão da Fifa. Para ela, as pessoas nas ruas demonstraram apoio aos esforços do Governo em trazer a Copa para a cidade. “Espero que tudo dê certo e que eles escolham Campo Grande”, afirma.

City Tour - Depois de uma reunião com representantes da Infraero sobre o projeto de ampliação do Aeroporto Internacional, membros da CBF e da Fifa embarcaram para o City Tour para conhecer Campo Grande, a fim de definir se a Capital de Mato Grosso do Sul poderá ser uma das subsedes da Copa de 2014. Outro grupo seguiu de helicóptero.

Junto, no ônibus aberto, também seguiram o governador André Puccinelli (PMDB), sua esposa, Beth Puccinelli, o prefeito da Capital, Nelsinho Trad (PMDB), com a primeira-dama, Antonieta Trad, a embaixadora da Copa em Campo Grande, Luiza Brunet, além do presidente da Assembléia Legislativa, Jerson Domingos (PMDB), entre outras autoridades.

SIGA-NOS NO Google News