Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 20 de Outubro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Jovens carentes terão formação profissional no Exército

Agência Brasil - 22 de julho de 2003 - 10:48

Um convênio firmado na tarde de hoje entre os Ministérios da Defesa e do Trabalho e Emprego vai permitir a formação profissional de jovens carentes que ingressem no Serviço Militar Obrigatório. É o programa "Soldado Cidadão", que também conta com o apoio de Secretarias estaduais do Trabalho, empresas e entidades como o Senai e o Senac.
Segundo o ministro da Defesa, José Viegas Filho, os jovens carentes poderão fazer cursos profissionalizantes, como mecânica, informática e cozinha, dentro dos quartéis e sem nenhum ônus. “Para 2003, serão 11 mi vagas em quartéis do Exército, mas para o ano que vem pretendemos aumentar esse número para 100 mil, com participação das três Forças”, informou Viegas.
Segundo o ministro, como o serviço militar tem entre 60 e 70 mil recrutas por ano, as vagas excedentes serão oferecidas à população civil. “Além dos cursos de profissionalização também teremos cursos de cidadania, com temas como direitos do consumidor, proteção do meio ambiente e direitos do cidadão”, explicou o ministro da Defesa.
O ministro do Trabalho e Emprego, Jaques Wagner, explicou que o projeto é uma pareceria da sociedade civil, empresas, entidades como o Senai e Senac e secretarias de Estado. “O Exército entra com as instalações, equipamentos e monitores e nós e nossos parceiros entram com os instrutores especialistas de cada área”, disse Wagner. Ele informou que o orçamento deste ano é de R$ 4,5 milhões, mas que deverá ser ampliado para os próximos anos.(Fabricio Azevedo)

SIGA-NOS NO Google News