Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Domingo, 14 de Agosto de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Inscrições para o ProJovem vão até o dia 6 de maio

Valtemir Rodrigues/ABr - 24 de abril de 2006 - 10:36

Os jovens interessados em participar do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (ProJovem) precisam ficar atentos. As inscrições já começaram e vão até o dia 6 de maio. Por enquanto, foram contabilizadas cerca de 91 mil inscrições.

O programa é aberto a jovens de 18 a 24 anos que fizeram até a 4ª série do ensino fundamental, não trabalham com carteira assinada e moram em alguma das capitais brasileiras ou no Distrito Federal.

O secretário Nacional de Juventude, Beto Cury, explica que o Projovem alia educação à formação profissional. "É a oportunidade do jovem voltar a estudar e concluir o ensino fundamental, o que lhe possibilitará fazer o ensino médio e depois o ensino superior. Além disso, terá mais possibilidade de disputar uma vaga no mercado de trabalho", avalia Cury.

Segundo ele, o programa promove ainda a inclusão bancária desses jovens que durante um ano recebem uma bolsa de R$ 100. Desde o começo de 2005, quando o Projovem foi criado, foram matriculados cerca de 93 mil jovens.

Entre eles, a estudante Ariane Karine Dias de Belo Horizonte. Ela só cursou até a 6ª série e hoje aos 19 anos sente-se estimulada por voltar a estudar. "Com o diploma do ensino fundamental eu pretendo continuar, vou fazer o ensino médio e quero também chegar a faculdade e recuperar o tempo perdido", diz Ariane.

No Projovem, o estudante pode escolher a atividade profissional de acordo com sua vocação e possibilidades de trabalho na sua cidade. São oferecidas aos alunos 23 áreas profissionalizantes adequadas à realidade de cada região como construção e reparos, administração, telemática, entre outros.

Para 2006, estão disponíveis 200 mil vagas e um orçamento de R$ 365 milhões para o desenvolvimento das ações do Projovem. As inscrições podem ser feitas gratuitamente pelo telefone 0800 642-7777.

Para se inscrever, o jovem precisa informar o número da carteira de identidade ou da certidão de nascimento; endereço residencial com número do CEP.

SIGA-NOS NO Google News