Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 10 de Agosto de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Inscrições ao Prêmio Vivaleitura terminam dia 15

07 de junho de 2006 - 14:38


Terminam no dia 15 de junho as inscrições para o Prêmio Vivaleitura, destinado a estimular e reconhecer experiências bem-sucedidas relacionadas à leitura. Até a manhã de ontem, foram inscritos 702 projetos no concurso que dará R$ 25 mil aos três trabalhos vencedores nas categorias: bibliotecas públicas, privadas e comunitárias; escolas públicas e privadas; pessoas físicas, universidades e instituições.

Segundo a gerente do prêmio, Lúcia Jurema Figueroa, mais de dois mil trabalhos foram recebidos, mas nem todos estavam de acordo com as normas de seleção do Vivaleitura. “Estamos entrando em contato com esses candidatos para regularizar a inscrição deles. Por isso, o número de inscritos está aumentando a cada hora”, explicou.

Os critérios para a seleção dos projetos são clareza entre objetivos e resultados; adequação à faixa etária do público-alvo; pertinência da ação desenvolvida com a comunidade a que se destina; criatividade e dinamismo da ação de leitura e qualidade dos resultados. O julgamento está previsto para agosto e a premiação para outubro ou novembro, em Brasília.

Já foram inscritos 53 projetos de bibliotecas, 221 de escolas públicas ou privadas e 428 de pessoas físicas, universidades e instituições. Os trabalhos podem ser manuscritos, digitados ou datilografados e devem relatar experiência ou projeto pedagógico na área de leitura. As inscrições podem ser feitas na página eletrônica do Prêmio ou por carta registrada endereçada ao Prêmio Vivaleitura, Caixa Postal 710377, CEP: 03410-970, São Paulo, SP.

Uma comissão de especialistas em leitura vai fazer a seleção dos trabalhos em três fases. A primeira vai verificar a compatibilidade dos projetos com o regulamento; a segunda vai escolher 15 finalistas, sendo cinco de cada categoria; e a última etapa definirá os três vencedores.

O Vivaleitura foi criado em novembro de 2005 e é coordenado pelos ministérios da Educação e da Cultura e pela Organização dos Estados Ibero-americanos para Educação, Ciência e Cultura (OEI). O prêmio tem patrocínio da Fundação Santillana e apoio do Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed) e da União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).


SIGA-NOS NO Google News