Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Domingo, 28 de Novembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Inflação sobe em agosto e acumula no ano 7,22%

Aurea de Castro/Agência Brasil - 09 de setembro de 2003 - 14:52

A inflação de agosto medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) subiu para 0,34%, 0,14 ponto percentual a mais que a do mês de julho. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a alta acumulada no ano é de 7,22% e nos últimos 12 meses, de 15,07%.

A maior pressão individual de alta no mês passado veio da energia elétrica, que subiu 2,03%, influenciada pelos reajustes nas tarifas de São Paulo e de Belém (PA). O preço da gasolina, depois de cinco meses em queda, também apresentou alta, de 0,37%. Já o do álcool continuou caindo, mas de forma menos significativa: passou de -10,28% para -0,52%. Os preços dos produtos não-alimentícios, no todo, aumentaram 0,53% e ficaram acima do resultado de 0,47% de julho.

No grupo Alimentação e Bebidas, os preços mantiveram-se em queda, porém menos acentuada: passaram de -0,67% em julho para 0,27% em agosto. A maioria dos produtos apresentou redução em seus preços, com destaque para batata-inglesa (-20,43%), tomate (-18,28%), feijão carioca (-7,29%) e cebola (-4,31%). O principal item a apresentar alta de um mês para o outro foi a carne bovina – de 0,73% em julho para 2,30% em agosto. No ano, os alimentos acumulam alta de 5,49%.

Entre as regiões pesquisadas pelo IBGE, a maior inflação foi registrada em Belém (0,92%), seguida de Brasília (0,53%), Rio de Janeiro (0,51%), Curitiba (0,44%), Goiânia (0,43%), Porto Alegre (0,42%), Belo Horizonte (0,36%), São Paulo (0,24%), Recife (0,09%), Salvador (0,07%) e Fortaleza (0,03%).

O IPCA é índice usado pelo governo para fixar as metas de inflação e se refere às famílias com rendimento de um a 40 salários mínimos. Para o cálculo de agosto foram comparados os preços coletados no período de 29 de julho a 27 de agosto (referência) com os preços vigentes no período de 28 de junho a 28 de julho (base).

SIGA-NOS NO Google News