Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Sábado, 13 de Agosto de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Inflação medida pelo IGP-10 sobe em maio

Thaís Leitão/ABr - 19 de maio de 2006 - 13:58

O Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10) registrou alta de 0,36% em maio. O resultado foi 1,01 ponto percentual maior do que no mês de abril, quando havia sido apurada uma deflação de 0,65%.

Divulgado hoje (19) pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), o IGP-10 mede a evolução de preços no período compreendido entre o dia 11 do mês anterior (no caso, abril) e o dia 10 do mês de referência (no caso, maio).

De acordo com a FGV, o Índice de Preços por Atacado (IPA), que pesa 60% na composição do IGP-10, sofreu uma variação de 0,36% em maio ante deflação de 1,10% em abril. As maiores contribuições foram os preços da cana-de-açúcar, que subiu de 3,04% para 5,77%, e do tomate, com elevação de 29,87% para 37,01%.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), responsável por 30% do Índice Geral de Preços, registrou variação de 0,30% em maio, ante 0,21% em abril. As maiores influências positivas vieram do tomate, que subiu de 14,65% para 29,85%, do mamão papaya, que passou de 7,72% em abril para 13,90% em maio, e do leite longa vida, com variação de 3,14% para 3,22%.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), que pesa 10% na composição do IGP-10, registrou alta de 0,49 % em maio, depois de 0,20% apurado em abril. O INCC foi puxado pelos materiais de construção, com destaque para fios e cabos, que tiveram alta de –1,93% para 22,70%.

SIGA-NOS NO Google News