Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Domingo, 14 de Agosto de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

História: Veja o erro que deu certo na Seleção em 58

CBF News - 29 de maio de 2006 - 07:39

Garrincha com a camisa 11 da Seleção Brasileira? Zagallo vestido com a 7? Isso aconteceu na Copa do Mundo de 1958, na Suécia, em que os jogadores foram inscritos com numeração diferente da convencional.

Didi, por exemplo, que no Botafogo usava a 8, vestiu a 6. Gilmar, na época do Corinthians, ganhou o número 3 na sua camisa de goleiro! O alvinegro Nílton Santos ficou com a 12.

O quarto-zagueiro Orlando, do Vasco, vestiu a 15, enquanto seu reserva, Zózimo, do Bangu, ficou com a 9, tradicionalmente usada pelos centroavantes, que em 1958 foram o vascaíno Vavá (20) e o palmeirense Mazzola (18).

Na confusão de números, em que para o lateral-esquerdo reserva Oreco, do Corinthians, coube a camisa número 8, só um jogador vestiu a camisa certa, a que eternizaria como Rei do Futebol.

Pelé começou a Copa como reserva, pois estava contundido, mas deram-lhe a camisa 10 que tornou a mais famosa do mundo. Foi uma coincidência? O cordenador técnico Zagallo acha que sim.

Zagallo não garante, mas tem uma explicação para a numeração dada às camisas na Copa da Suécia.

- Havia uma numeração nas malas com que viajamos. Me lembro que me deram a mala com o número 7. A do Pelé era a 10. Os números das camisas seguiram os números das malas.

Veja a numeração das camisas dos 22 jogadores

Gilmar (3)

Castilho (1)

Djalma Santos (4)

De Sordi (14)

Bellini (2)

Mauro (16)

Orlando (15)

Zózimo (9)

Nílton Santos (12)

Oreco (8)

Zito (19)

Dino (50

Didi (6)

Moacir (13)

Garrincha (11)

Joel (17)

Vavá (20)

Pelé (10)

Zagallo (11)

Pepe (22)

SIGA-NOS NO Google News