Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Terça, 21 de Setembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Guga e Saretta estréiam no US Open

Agência Brasil - 26 de agosto de 2003 - 10:21

Gustavo Kuerten e Flávio Saretta estréiam hoje no US Open. O primeiro a entrar em quadra é Saretta, por volta das 13h30 (horário de Brasília), que enfrenta o norte-americano Vincent Spadea, nº 31 do mundo. Já Guga pega o russo Dmitry Tursunov, 174º colocado no ranking mundial, às 18h (Brasília). Ambos os jogos serão no Estádio Louis Armstrong, a segunda quadra mais importante do complexo de Flushing Meadows.

Depois de uma boa semana no torneio de Long Island e de dois dias de treinos no USTA National Tennis Center, Guga está pronto para entrar em quadra e iniciar a disputa do último Grand Slam do ano. “A semana passada, em Long Island, foi muito importante na minha preparação. Fiz três jogos, uma partida dura com o El Aynaoui, em que perdi nos detalhes e poderia ter ganhado e ido para a semifinal. Mas, de qualquer maneira, a semana lá e esses dois dias de treinos aqui me deixaram bem preparados para o US Open. Estou me sentindo bem, treinei legal hoje e estou pronto para começar a jogar e encarar partidas longas, de cinco sets, como acontece nos Grand Slams”, disse Guga, que, ontem, fez dois treinos em Flushing Meadows. Primeiro, ele treinou com o inglês Tim Henman e depois com Flávio Saretta.

O primeiro adversário do brasileiro, que manteve a 14ª colocação no ranking mundial e a 15ª na Corrida dos Campeões, teve que passar o qualifying para integrar a chave principal do Grand Slam e vem embalado com três vitórias. Guga e Tursunov nunca se enfrentaram, mas o técnico Larri Passos se encarregou de buscar informações sobre o jogador e assistir os treinos dele. Apesar de já ter jogado contra Spadea em duas ocasiões e ter vencido os dois jogos, no Challenger de Bermuda (2002) e no ATP de Delray Beach (2003), Saretta, que ontem apareceu na 49ª colocação no ranking de Entradas e 45ª na Corrida dos Campeões, prefere manter a cautela diante do adversário.

“Conheço bem o jogo dele e sei que ele é casca de ferida. Não levo em consideração as duas vitórias que tive contra ele. Me interessa poder fazer um bom jogo e avançar pela primeira vez no US Open”, afirmou o brasileiro, que faz sua segunda participação no Grand Slam norte-americano. No ano passado, Saretta não passou da primeira rodada, sendo derrotado pelo dinamarquês Kenneth Carlssen.

Motivado pelos resultados que vem obtendo nesta temporada, Saretta se sente preparado para a estréia. Antes do US Open, ele chegou às oitavas-de-final do ATP de Long Island. “Desde sábado, venho treinando aqui em Nova Iorque. Estou me sentindo bem, estou bem tranqüilo e confiante. Espero poder fazer um bom torneio aqui”, finalizou.

SIGA-NOS NO Google News