Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Sábado, 2 de Março de 2024
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Governo destina R$ 8,2 mi para cobrança de pedágio em MS

Aline Queiroz, Campo Grande News - 05 de maio de 2009 - 10:49

O governo cobrará pedágio nas estradas de Mato Grosso do Sul. Decreto publicado na edição de hoje do Diário Oficial autoriza a liberação de crédito no valor de R$ 8.279.930 para “construção, pavimentação, implantação, conservação da infra-estrututra rodoviária e operacionalização de pedagiamento em rodovias”.

A assessoria de imprensa do governo esclarece que o decreto prevê o início da instalação dos pedágios, entretanto, não existe data para começar a instalação ou a cobrança. A suplementação serve só como garantia de verba caso o governo estadual resolva montar a estrutura, lembra a assessoria.

Em outros Estados, é feita licitação para seleção de empresa para operacionalizar o serviço, de forma terceirizada. Já o projeto feito para Mato Grosso do Sul ainda não foi detalhado, assim como não foram divulgados os pontos onde haverá cobrança.

Em dezembro, o Consórcio Porto Morrinho venceu licitação estadual para explorar o pedágio sobre o Rio Paraguai, em Corumbá, e também fazer obras de recuperação e manutenção da rodovia durante 25 anos.

Nesse caso, apenas veículos oficiais em serviço serão isentos da cobrança da taxa. A assessoria do governo não informou se esse trecho será atendido com a verba suplementar.

Desde 2007, o governador André Puccinelli (PMDB) defende a possibilidade de cobrar pedágio ao longo da BR-163, apesar de ser uma rodovia federal, mediante convênio com o Dnit (Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes).

Ele chegou a apontar que com um pedágio a cada 80 quilômetros seria possível fazer a duplicação ao longo de toda a rodovia, em dez anos.


SIGA-NOS NO Google News