Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Domingo, 14 de Agosto de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Governo boliviano já ocupa todas as petrolíferas no país

Humberto Marques / Campo Grande News - 01 de maio de 2006 - 17:00

Toda a indústria petrolífera boliviana já está ocupada por militares e técnicos da YPFB (Yacimientos Petrolíferos Fiscales Bolivianos, estatal do setor petrolífero no país vizinho), declarou hoje o vice-presidente da Bolívia, Álvaro Garcia. Ao todo, são 53 instalações que operam o setor (entre refinarias, campos produtores e dutos), incluindo duas refinarias da Petrobras, que passam ao controle boliviano, bem como 50 postos de combustíveis da empresa brasileira. Conforme a Globonews, as ocupações começaram logo após o presidente Evo Morales assinar o decreto que nacionalizou a indústria de hidrocarbonetos. Garcia fez o anúncio em La Paz, diante de uma multidão concentrada na praça central, onde, logo mais, serão encerradas as comemorações do Dia do Trabalho na Bolívia – com a participação de Morales.

“Queremos pedir [às Forças Armadas] para, a partir deste momento, tomar todos os campos petrolíferos na Bolívia com os engenheiros que organizaram o Ministério de Hidrocarbonetos junto com o presidente da YPFB”, disse Morales. O decreto assinado hoje obriga as empresas estrangeiras que exploram petróleo e gás natural a ceder ao Estado a propriedade dos combustíveis, dando um prazo de seis meses para que novos contratos sejam firmados com o governo boliviano. Os grupos que não se adequaram à nova legislação devem abandonar o país – o que inclui a Petrobras e a Repsol-YPF, as principais investidoras no setor.

SIGA-NOS NO Google News