Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Sábado, 15 de Maio de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Governador diz que morte de deputada é uma grande perda

Agência Brasil - 28 de julho de 2003 - 07:59

O governador do Piauí, Wellington Dias, disse que a morte da deputada Francisca Trindade (PT) significa uma “perda gigantesca” para o estado. “Ela vinha sendo a ponte, a interlocutora entre os movimentos sociais do estado e os ministérios em Brasília”, comentou, ao citar algumas parcerias realizadas recentemente graças à sua articulação. “No momento em que passou mal ela participava da assinatura de um convênio de R$ 1,7 milhão para a área de piscicultura que ela vinha batalhando há muito tempo”, ressaltou Dias.
Ele afirmou que, em conversa com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ouviu muitos elogios do presidente à deputada. “Quando Lula a conheceu, ela tinha apenas 13 ou 14 anos. Para ele, ela era mais que uma companheira de partido, era uma amiga”, disse o governador. Dias confirmou a presença do presidente no velório amanhã, mas não soube dizer o horário.
A carreira política de Francisca Trindade foi construída junto com a do governador. Ela foi sua suplente em 1992, quando pela primeira vez se candidatou a vereador. Quando renunciou ao cargo de vereador para lançar-se candidato a prefeito, ela o substituiu. Ela também foi sua vice quando Dias se candidatou a prefeito em 2000.
Francisca Trindade foi a vereadora mais votada de Teresina em 1996 e eleita deputada estadual em 1998. Em 2002, foi a deputada federal mais votada da história do Piauí, com 165.190 votos. De acordo com o governador, seu nome era muito cotado como candidata à prefeitura de Teresina. “Todas as pesquisas apontavam seu nome em primeiro lugar”, comentou Wellington Dias.(Edla Lula)

SIGA-NOS NO Google News