Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 10 de Agosto de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Goiás está livre da Sigatoka Negra

Agência Goiana de Comunicação - 14 de junho de 2006 - 14:43

Goiás foi declarado zona livre da Sigatoka Negra por instrução normativa do Ministério da Agricultura. A não-existência da doença que ataca lavouras de bananas foi constatada através de trabalho realizado pela Gerência de Sanidade Vegetal da Agrodefesa, que fez levantamento de todas as propriedades rurais do Estado onde são cultivadas lavouras comerciais do fruto.

De acordo com o coordenador de Emergências Fitossanitárias da Agrodefesa, o engenheiro agrônomo Carlos Alberto de Bastos, dentro do levantamento foram realizadas as seguintes atividades: cadastro das propriedades, inspeção fitossanitárias das lavouras, fiscalização do trânsito do fruto, destruição de plantas em rotas de risco e análise laboratorial para detecção do fungo da Sigatoka Negra.
Vantagens

O trabalho, que possibilitou ao Ministério da Agricultura declarar o Estado zona livre da doença, começou em 2000. Isso vai permitir ao Estado exportar o fruto para outros Estados brasileiros e também para o exterior, além de desenvolver um forte cultivo da bananicultura no Estado. Goiás produz anualmente cerca de 125 mil toneladas de banana em 11 mil hectares distribuídos por 1.207 propridades que praticam a atividade comercial.

Segundo o agrônomo, a Sigatoka Negra já está disseminada nos estados de São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além dos estados da Região Norte, com exceção do Tocantins. O fungo, conforme disse, adquire resistência muito rápido aos defensivos agrícolas, o que dificulta o seu combate.

SIGA-NOS NO Google News