Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 21 de Fevereiro de 2024
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Estudo aponta que ter tido zika aumenta risco de quadro grave de dengue

Pesquisadores da FAMERP coletaram os dados de mais de mil pacientes para pesquisa

JD1 Notícias - 01 de dezembro de 2023 - 06:20

Estudo aponta que ter tido zika aumenta risco de quadro grave de dengue

Uma pesquisa da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP), publicado na PLOS Neglected Tropical Diseases no início do mês, mostra que ter tido zika antes de ser infectado pelo vírus da dengue aumenta a gravidade da doença.

Segundo os pesquisadores, ter contraído zika antes de um quadro de dengue representa um agravante para o desenvolvimento de quadros hemorrágicos da doença, onde os pacientes apresentam dificuldades de coagulação sanguínea.

O estudo é o primeiro que traz evidências científicas que um quadro anterior de zika pode ser um agravante para uma infecção por dengue. Ambas as doenças são transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

Para o estudo foram analisadas as amostras de sangue de 1.043 pacientes com dengue durante o ano de 2019 na cidade de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo.

Foram investigadas infecções prévias por zika e dengue, e as análises mostraram que pacientes com históricos de infecção por zika tinham um risco 2,34 vezes maior de desenvolver formas mais graves de dengue e um risco 3,39 vezes maior de necessitarem de internação, em comparação com indivíduos que não tiveram nenhuma das duas infecções.

SIGA-NOS NO Google News