Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Domingo, 21 de Abril de 2024
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Em ano de alerta contra zika, Rio 2016 tem repelente entre produtos oficiais

180 Graus - 03 de março de 2016 - 07:20

A proliferação do vírus da zika no Brasil se tornou uma preocupação também para os Jogos Olímpicos deste ano. Apesar de historicamente a incidência de doenças causadas pelo mosquito transmissor diminuírem a partir de junho, muitos estrangeiros, entre atletas e visitantes, mostraram receio nos últimos meses. Nesta quarta-feira, a reportagem do site ''Máquina do Esporte'' publicou a venda de repelente oficial dos Jogos na loja de produtos licenciados do Rio 2016, no aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

O GloboEsporte.com entrou em contato com a área de produtos licenciados do Comitê Rio 2016, que confirmou que o produto é oficial e chegou ao mercado em fevereiro. No entanto, a ideia surgiu em 2011 e não tem relação com o surto de zika no Brasil e na América do Sul. A entidade reiterou que filtro solar é um produto indispensável no Rio, assim como repelente, já que o Parque Olímpico fica na beira de uma lagoa. O produto faz parte de uma linha que tem filtro solar para rosto e corpo, com diversos fatores. O filtro com repelente é uma das opções. O repelente só chegou ao mercado agora por conta do processo de licenciamento, que começou em maio de 2015 e envolveu produção, venda de mercado e negociações.

O Comitê Rio 2016 informou que o produto custa R$35. O consumidor também pode comprar um kit com protetores faciais e corporais por R$65.

Apesar do receio estrangeiro, o diretor executivo do departamento de emergências em saúde pública da Organização Mundial da Saúde (OMS), o médico Bruce Aylward, disse há duas semanas, que o Brasil fará Jogos Olímpicos fantásticos e que no momento em que o evento começar em agosto, o vírus da zika transmitido pelo mosquito "estará em baixa".

SIGA-NOS NO Google News