Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Sábado, 13 de Agosto de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Dólar encerra o dia em alta de 1,38%

Humberto Marques/Campo Grande News - 08 de junho de 2006 - 18:25

Diante de um cenário internacional instável, temeroso quanto a possibilidade de juros maiores nas principais economias globais, o dólar registrou alta de 1,38% nesta quinta-feira, encerrando o pregão a R$ 2,272, depois de chegar a R$ 2,292 na máxima do dia (alta de 2,28%). A alta, conforme analistas entrevistados pela Reuters, foi impulsionada pela ação de investidores estrangeiros na ponta de compra. No mercado externo, o dólar valorizou-se 1% perante o euro, enquanto as bolsas dos Estados Unidos registravam baixa, assim como as principais bolsas asiáticas e européias.

Hoje, o BCE (Banco Central Europeu) elevou a taxa de juro na zona do euro para 2,75%, sinalizando que novas altas podem ocorrer. A Índia também aumentou seu juro interno, antes da reunião agendada em seu Banco Central. Medidas semelhantes foram tomadas na Turquia e na Coréia do Sul, mercados considerados emergentes. Ao mesmo tempo, permanecem as incertezas sobre a taxa de juro nos Estados Unidos.

A tendência dos “emergentes” não é compartilhada no Brasil, onde continua-se a trabalhar com perspectiva de queda na taxa de juro. Nesta quinta-feira, o Copom (Comitê de Política Monetária) divulgou a ata de sua última reunião, quando a Selic foi reduzida para 15,25% ao ano, informando que a volatilidade externa requer cautela, mas que a economia do País está “blindada” para resistir aos choques. Porém, o documento sugere que o próximo corte na taxa pode ser menor – aposta-se em 0,25% - o que continua a tornar a taxa brasileira elevada e atrativa, segundo operadores do mercado.

SIGA-NOS NO Google News