Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 17 de Agosto de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Detran apura falsificação de 511 carteiras em MS

Marina Miranda/Campo Grande News - 18 de abril de 2006 - 09:43

O diretor-presidente do Detran (Departamento Estadual de Trânsito), Gilberto Tadeu, disse esta manhã, em entrevista ao programa 94 Notícias, da 94 FM, que pelo menos 511 CNHs (Carteira Nacional de Habilitação) estariam sob suspeita. “109 pessoas já foram ouvidas. Destas, 70 tiveram a CNH recolhida por algum ato fraudulento”, relatou.

Segundo ele, funcionários do Detran foram demitidos, todos de cargos comissionados - ele não citou a quantidade. Tadeu lembrou que os ex-funcionários estão sendo investigados pela Polícia Civil e podem ser punidos judicialmente, bem como, quem usa o documento falso. Na maioria dos casos, o exame médico não foi realizado.
“Essas carteiras já estão bloqueadas para transferência e essas pessoas podem sofrer algum tipo de punição na Justiça”.

O Contran (Conselho Nacional de Trânsito) aprovou um novo modelo do documento que deve dificultar ainda mais as fraudes. Atualmente, conforme o diretor, a CNH tem 18 pontos de segurança. Uma novidade deste novo modelo é a tarja semelhante a da nota de R$ 20,00. “A falsificação nunca acaba, infelizmente. Mas essa carteira dá proteção maior ao usuário”, observa.

A nova CNH também terá espaço para incluir cursos obrigatórios, como transporte de carga perigosa ou transporte escolar. As novas carteiras serão emitidas a partir de 5 de julho. A troca será a partir da renovação. Conforme Tadeu, não haverá alteração no preço que é cobrado atualmente – cerca de R$ 90 para a CNH tipo B.

SIGA-NOS NO Google News