Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 20 de Outubro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Detentos terão assistência médica

Daniela Cardoso/Agência Brasil - 27 de setembro de 2003 - 05:01

A transmissão de doenças dentro dos presídios faz vítimas de males como hepatite, tuberculose, hanseníase e Aids entre presos, funcionários e visitas. Diante desse quadro, os ministérios da Saúde e da Justiça decidiram implantar planos de saúde para os detentos. Os presos serão atendidos por uma equipe formada por médicos, enfermeiros, dentistas, psicológos e assistentes sociais. O plano também buscará incluir os detentos no Sistema Único de Saúde (SUS).

“A população pode ter a idéia de que está sendo criado um privilégio dando o atendimento aos presos dentro da penitenciária. Mas isso é uma questão sanitária, de custo e de segurança”, disse o diretor do Departamento Penitenciário Nacional", Ângelo Roncalli.

As novas penitenciárias já contam com o espaço para o atendimento médico. Nas mais antigas, os ambulatórios serão reformados. A verba vai sair do Fundo Penitenciário Nacional e do SUS. Serão investidos R$ 105,00 para cada preso ao ano. Nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Pernambuco e Paraná, a previsão é de que o plano comece a funcionar ainda neste mês. A meta do governo é implantar o atendimento médico em todos os presídios do país em até dois anos.

SIGA-NOS NO Google News