Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Terça, 26 de Outubro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Descoberto micróbio que sobrevive a 121º C

Agência Brasil - 20 de agosto de 2003 - 09:44

Cientistas descobriram um organismo que consegue se desenvolver à temperatura recorde de 121º C, segundo informações da BBC.

O micróbio unicelular cresce a temperaturas mais altas que qualquer outra forma de vida conhecida, segundo pesquisadores dos Estados Unidos.

O Strain 121, como ficou conhecido, foi extraído de uma fonte natural de água quente no fundo do Oceano Pacífico.

O micróbio, cerca de cem vezes menor que um grão de areia, pertence a um grupo de organismos semelhantes a bactérias chamados archae.

Origem da vida

Nem mesmo os processos com calor intenso utilizados para esterilizar instrumentos médicos são capazes de destruir o Strain 121.

O fato de ele ser capaz de sobreviver às temperaturas do interior de uma panela de pressão pode ter implicações na busca pelos primeiros sinais de vida na Terra e em outros planetas.

O Strain 121 pode ser similar aos organismos primitivos que existiram na Terra há cerca de 4 bilhões de anos, quando o planeta era apenas um globo de rochas e metais bombardeado por meteoros.

Outros planetas, como Marte, também já foram muito mais quentes no passado, o que alimenta as teses de que algum tipo de micróbio teria prosperado ali.

Kazem Kashefi, um dos microbiologistas da Universidade de Massachussetts em Amherst que descobriu o Strain 121, diz que ninguém antes acreditava que um organismo pudesse crescer em uma temperatura tão alta.

"Esse organismo não apenas sobrevive a 121º C, como também se reproduz", afirmou Kashefi à BBC.

SIGA-NOS NO Google News