Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Terça, 3 de Agosto de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Delcídio quer definição

Carlos Eduardo Rodrigues - 13 de maio de 2003 - 10:13

O Senador Delcídio do Amaral (PT / MS) vai conversar esta semana com
os demais senadores e os deputados federais que representam Mato Grosso do
Sul em Brasília, para definir, até sexta-feira, o nome do parlamentar que
coordenará a bancada do estado no Congresso Nacional.
" Essa situação que estamos vivendo hoje é lamentável. Nossos
deputados e senadores são políticos experientes, competentes, com uma folha
de serviços prestados ao estado e a todo país e, até agora, não conseguimos
chegar a um consenso sobre quem coordenará as ações. Nós temos que ser uma
bancada e não um grupo de políticos onde cada um corre para um lado", disse
Delcídio.
Para o parlamentar petista, as diferenças partidárias
precisam ser deixadas de lado, em favor dos interesses de Mato Grosso do Sul
" O maior exemplo de maturidade do Brasil foi a eleição do Presidente
Luís Inácio Lula da Silva. Nós temos que ter maturidade para escolher essa
coordenação e , a despeito das divergências, procurar sempre o melhor para o
estado. Muitas membros da bancada já manifestaram essa preocupação e eu
acredito que até sexta-feira essa situação será definida" afirmou .
Segundo Delcídio, não existe preferência por nenhum nome.
" Eu vou conversar com o Senador Ramez Tebet (PMDB) e fazer
reuniões ao longo dessa semana para definir o coordenador. Na última reunião
com o Governador Zeca foi colocado o nome do Deputado Antonio Carlos Biffi
(PT) que pode desempenhar muito bem esse papel , mas é evidente que nós vamos
conversar com as demais lideranças para chegar a um nome de consenso. Temos
ainda os deputados Vander e João Grandão. O importante é que a bancada
trabalhe de maneira afinada com o governador Zeca do PT , e vice-versa,
porque eu não tenho dúvida nenhuma de que, em função do Governo Lula, a
bancada federal terá uma presença predominante nos destinos do nosso estado.
O que está faltando é determinação , é olhar olho no olho um do outro para
resolver definitivamente essa questão" afirmou.
Em relação ao projeto de reforma tributária em tramitação
no Congresso Nacional, Delcídio disse que a bancada está unida para evitar
prejuízos a Mato Grosso do Sul..
" Nós não vamos aprovar propostas que tragam problemas de
caixa para o estado. O próprio Ministro da Economia, Antonio Palocci, deixou
claro que, se algum estado tiver dificuldades, seria criado um fundo para
compensar essas perdas , mas eu posso afiançar que nossos deputados e
senadores não vão aprovar nada que venha a prejudicar Mato Grosso do Sul"
garantiu.

SIGA-NOS NO Google News