Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Segunda, 18 de Outubro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Corumbá: vôo inaugural sai da Capital amanhã às 13h15

Agência Popular - 10 de outubro de 2003 - 14:18

O vôo inaugural da Vasp para Corumbá está previsto para sair de Campo Grande no sábado às 13h15 com a presença de 107 pessoas das quais 60 convidados do governo estadual entre secretários de Estado e políticos, além de outros 47 passageiros entre membros da VASP, Infraero, empresários de Mato Grosso do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro e imprensa. Os convidados devem estar no aeroporto internacional de Campo Grande até 12h30 para a retirada dos cartões de embarque.

A volta de Corumbá deve ocorrer entre 16h30 e 17h, após liberação do espaço aéreo devido à partida da aeronave do presidente Lula da cidade. O presidente da Vasp, Wagner Canhedo e o vice-presidente comercial e de marketing, Rodolfo Canhedo, também participam do vôo inaugural para Corumbá. A aeronave que será utilizada no sábado é um Boeing 737-200 com capacidade para 107 passageiros.

O modelo de aeronave que vai atender Corumbá diariamente a partir do dia 12 é o 737-200 (107 passageiros). O vôo diário será o 4352 que sai do aeroporto de Guarulhos em São Paulo (SP) às 10h40, passa por Jão José do Rio Preto (SP) às 11h40; Campo Grande às 13h10 com chegada a Corumbá prevista às 14h15. A volta para Campo Grande é às 14h35 (*). A empresa e o Governo do Estado estão negociando ainda a inserção de vôos em Dourados e Bonito a partir do início do próximo ano.

Investimentos -O diretor comercial da Vasp, Nelson Nicolini explicou que a empresa, através de recursos do BNDES, deve adquirir 20 novas aeronaves, entre elas as que seriam usadas nos vôos de Dourados e Bonito do modelo ERJ 170, que custam de R$20 milhões a R$30 milhões cada uma e possuem capacidade para 70 passageiros.

A Vasp, que completa 70 anos de existência no dia quatro de novembro possui hoje 32 aviões e detém 14% do mercado de transporte aéreo doméstico de passagens aéreas no país, transportando mais de quatro milhões de passageiros/ano. A empresa ainda possui 4,6 mil funcionários distribuídos por todo Brasil.

"Mato Grosso do Sul tem um dos melhores ecoturismos do país e isso deve ser aproveitado tento no tráfego nacional quanto no internacional. Estamos pensando em estabelecer rotas que dêem acesso ao passageiro de Mato Grosso do Sul a qualquer capital nacional no mesmo dia", disse Nelson Nicolini.

Segundo o secretário de Coordenação Geral do Governo, Paulo Duarte o retorno dos vôos diários para Corumbá devem impulsionar novamente a geração de empregos e renda no setor turístico da cidade. "Após a desativação dos vôos, houve a diminuição do fluxo de turistas em Corumbá, e a volta do tráfego aéreo renova as esperanças da população local principalmente no turismo", ressaltou.

(*)horários de Mato Grosso do Sul


Ingrid Vogl-APn

SIGA-NOS NO Google News