Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quinta, 2 de Dezembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Corte de gastos do governo deixa comércio apreensivo

Aline Queiroz / Campo Grande News - 03 de maio de 2006 - 14:23

O corte de gastos anunciado pelo governo estadual deixou o comércio apreensivo, uma vez que o parcelamento dos salários dos servidores poderá inibir as vendas, especialmente no momento em que o setor esperava recuperar perdas com movimento maior no Dia das Mães. Por meio da assessoria de imprensa, o presidente da ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande), Luiz Fernando Buainain, afirmou que os comerciantes esperam que a medida adotada pelo governo não extrapole essa intenção de apenas parcelar os salários. Diretores da Associação estiveram reunidos com o governador Zeca do PT, que elogiou a postura dos empresários do comércio e reafirmou a confiança do governo estadual quanto à contribuição do setor para o equilíbrio nas finanças. Para Buainain, o governador reconhece o peso que o comércio tem nas contas do Estado, já que o setor é responsável por mais de 50% da arrecadação de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) de Mato Grosso do Sul.

SIGA-NOS NO Google News