Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Domingo, 3 de Julho de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Corinthians recebe o Santos em clássico de gerações

FPF - 21 de março de 2009 - 08:04

Em momentos parecidos no Campeonato Paulista, Corinthians e Santos, 2° e 4° colocados, respectivamente, fazem neste domingo mais um importante clássico, pela 15ª rodada do Campeonato Paulista. No clube do Parque São Jorge, o técnico Mano Menezes ainda tem três dúvidas: os volantes Elias e Fabinho, que voltam de contusão, e o zagueiro Chicão, que segue no departamento médico. No Santos, Neymar é a maior incógnita. Elogiado pelo treinador Vagner Mancini, o atleta pode perder a vaga para o atacante Roni.



Disputando um lugar no meio-de-campo, o volante Túlio ressaltou a importância da semana livre para treinar. “Foi extremamente importante, pois o Mano [Menezes] teve mais tempo para trabalhar. Ter eliminado o Itumbiara, já na primeira partida da Copa do Brasil, foi de grande valia. Estão todos muito confiantes”, disse.



Na 2ª colocação, o Corinthians sustenta apenas três pontos de diferença para o rival. Por isso, Túlio endossou a importância do confronto. "Não podemos deixar um adversário direto encostar”. Apesar da confiança, fazendo três treinos coletivos entre os titulares, o atleta nega que tenha certeza de iniciar o jogo. “Não tem nada garantido. Temos o Elias, que vem de contusão. Estou me condicionando para ficar pronto”, garantiu.



Dentre as dúvidas, a lateral direita ficará com Alessandro ou Fabinho. Na defesa, o zagueiro Jean pode fazer dupla com Willian. Contudo, o ataque deve mesmo ser formado entre Ronaldo e Dentinho. “Ele (Ronaldo) está muito motivado. Clássico faz com que isso aflore ainda mais e, quem sabe, seja um diferencial”, contou.



Consciente, Túlio prevê um intenso confronto com Neymar. Com dois gols, nas últimas duas partidas, o atacante santista é encarado com uma realidade. “Não é mais promessa, pois tem feito a diferença nas partidas do Santos. Ele (Neymar) foi muito bem contra o Mogi Mirim e, na última partida, contra o Rio Branco (AC)”, explicou.



No clube da Baixada Santista, o clima é positivo após a confirmação da classificação na Copa do Brasil – com uma vitória por 4 a 0 contra o Rio Branco (AC), no estádio Urbano Caldeira (Vila Belmiro). Sob o comando de Vagner Mancini, o Santos conquistou seis vitórias e dois empates.



Tranquilo, o gerente de futebol do clube, Ocimar Bolicenho, exaltou a volta de Kléber Pereira, artilheiro do time nesta temporada. “Estamos encarando tudo com muito respeito e seriedade. É sempre importante, pois é o artilheiro da equipe. Reforça ainda mais a nossa intenção de conquistar os objetivos”, disse.



Autor de três gols nas últimas três partidas, o atacante Roni é outro que pode aparecer contra o Corinthians. Contudo, terá que disputar uma posição com Neymar. “Sempre mantivemos uma confiança muito grande, pois ele (Roni) tem contribuído diretamente para as vitórias”, finalizou Bolicenho.



Ficha técnica



Corinthians: Felipe; Alessandro (Fabinho), Chicão (Jean), Willian e André Santos; Cristian, Túlio (Elias), Boquita e Douglas; Dentinho e Ronaldo.

Técnico: Mano Menezes.



Santos: Fábio Costa; Luizinho, Fabão, Fabiano Eller e Triguinho; Germano, Rodrigo Souto, Madson e Lúcio Flávio; Neymar (Roni) e Kléber Pereira.

Técnico: Vagner Mancini.



Arbitragem: Rodrigo Martins Cintra, Rogério Gomes da Silva e Luiz Antonio Corrêa.

Local: Estádio Paulo Machado de Carvalho (Pacaembu), em São Paulo.

Data e horário: 22 de março, às 16h.

SIGA-NOS NO Google News