Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quinta, 26 de Maio de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Com disparada de casos de coronavírus, promotores apelam para isolamento

Documento aponta que ampliação das UTI não será finalizada antes de junho

Midiamax - 04 de maio de 2020 - 16:30

Com disparada de casos de coronavírus, promotores apelam para isolamento

O crescimento do número de casos confirmados da Covid-19, causada pelo novo coronavírus, em Três Lagoas fez com que o MPMS (Ministério Público Estadual), MPF (Ministério Público Federal), MPT (Ministério Público do Trabalho) e PRM (Procuradoria Geral da República) assinassem, em conjunto, nota de esclarecimento à população a fim de alertar para a limitação atual da capacidade do sistema de saúde da cidade.

Conforme a nota de esclarecimento, datada do último domingo (3) e assinada por representantes dos quatro órgãos, as entidades detalham que acompanham e fiscalizam todas as ações de prevenção, controle e estruturação do sistema de saúde local e que requisitaram informações, além de expedirem diversas recomendação ao Poder Público.

Porém, conforme o documento, foi constatado que a estrutura existente será insuficiente para um aumento ainda maior de casos, pelo menos até junho.

“Todavia, constatou-se que, mesmo com o esforço do Poder Público, o município conta, atualmente, com apenas 10 leitos de UTIs e 27 leitos clínicos para Covid-19, para atender a Microrregião, que abrange outros municípios além de Três Lagoas”, traz a nota.

O documento ainda pontua que 8 respiradores ainda não serão instalados por questões técnicas de configuração e calibração e que a previsão é de que apenas 25 dos 40 respiradores adquiridos pelo município sejam montados a partir do dia 25 de maio. “Ou seja, na melhor das hipóteses, somente a partir do mês de junho as UTIs serão ampliadas no nosso município”, pontuam os promotores e procuradores.

O documento também alerta para o risco de escassez de EPI (Equipamentos de Proteção Individual). Por isso, os órgão ministeriais pedem que a população intensifique medidas de prevenção.

“Assim, mantenha o distanciamento social, permaneça em casa o maior tempo possível e, quando houver necessidade de sair, use sempre máscara. Mantenha distância segura das pessoas e permaneça atento às medidas de higiene recomendadas pela vigilância sanitária. Não faça qualquer tipo de aglomeração, mesmo em casa com familiares e vizinhos. Em qualquer fila, use sempre máscara e respeite a distância entre as pessoas”, conclui a nota.

No último sábado (2), a Prefeitura de Três Lagoas contabilizou 348 notificações, com 63 confirmações e 17 ainda em investigação. O município já contou com três óbitos de pacientes com a Covid-19. 21 já se recuperaram da doença, 3 estavam hospitalizados e 266 casos foram descartados e 2 excluídos.

Até a última quinta-feira (30 de abril), o prefeito da cidade, Ângelo Guerreiro (PSD), também não havia considerado a possibilidade de lockdown – o fechamento total das atividades econômicas e isolamento compulsório dos munícipes.

SIGA-NOS NO Google News