Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 12 de Maio de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Chapadão já planta doze mil hectares de algodão

Jovem Sul Comunicações - 28 de maio de 2003 - 09:34

O Vice-prefeito Venturino Coletto foi convidado a falar sobre a “Importância da Cultura do Algodão para Chapadão do Sul” durante o 1º Seminário Temático de Agricultura, promovido por acadêmicos da FACHASUL.
Algumas revelações interessantes:
· Chapadão do Sul planta hoje 12.000 ha de algodão;
· produz 18.000 toneladas de algodão em pluma, utilizado nas indústrias têxteis nacionais e internacionais;
· do preparo do solo até a comercialização são gastos 60 milhões de reais;
· a receita bruta alcança 98,1 milhões, com a comercialização da pluma e do caroço do algodão;
· como cada ha plantado gera um emprego direito, somente o algodão produz 1.200 empregos em Chapadão do Sul.
Dado impressionante é sobre o transporte. Para levar o algodão das lavouras até as usinas de beneficiamento são utilizadas 1.666 viagens de carretas de 27 toneladas. Para transportar a pluma e o caroço das usinas até às industrias têxteis e às fábricas de ração, outro tanto é utilizado.
A abrangência da geração de empregos diretos alcança também trabalhadores braçais e mão-de-obra especializada como engenheiros agrônomos, técnicos agrícolas, mecânicos, tratoristas, operadores de colheitadeiras, de usinas de beneficiamento e seus técnicos de manutenção.
A geração de empregos indiretos também é expressiva. São pesquisadores, corretores de vendas, revendedores de insumos, de máquinas e peças, motoristas, em oficinas, hotéis, restaurantes e postos de gasolina.
Venturino Coletto que mora em Chapadão do Sul desde 1.976 fez um retrospecto da evolução agrícola na região. Até 1.980 a monocultura da soja dava trabalho durante 4 meses no ano. Depois o milho e outros cereais como o sorgo, milheto e feijão ampliaram essa atividade para 7 meses no ano. Com a chegada do algodão em 1.998, praticamente há trabalho na agricultura nos 12 meses do ano. Contribui com menor impacto social na atividade econômica da região.
Além dos empregos, impostos e renda gerados, o algodão, ainda projeta Chapadão do Sul no cenário nacional e internacional junto a grandes empresários e industriais da atividade têxtil.
Em Chapadão do Sul a qualidade da pluma do algodão é reconhecida como uma das melhores do mundo. Isso abre espaço naturalmente para a exportação, mas igualmente para instalação no município de indústrias de transformação da pluma e do caroço do algodão.

SIGA-NOS NO Google News