Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Segunda, 15 de Agosto de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Câmara votará parecer pela absolvição de Vadão Gomes

Agência Câmara - 22 de maio de 2006 - 07:47

A votação do processo contra o deputado Vadão Gomes (PP-SP) é o destaque do Plenário para a semana, cuja pauta continua trancada por quatro medidas provisórias e dois projetos de lei com urgência constitucional vencida. O prazo de análise de uma outra medida provisória (289/06) vencerá na quinta-feira (25).
Como não se trata de matéria legislativa, os deputados poderão votar a representação contra Vadão Gomes na quarta-feira (24), independentemente da pauta trancada. Por nove votos a um, o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar recomenda o arquivamento do processo contra o parlamentar, acusado de ter recebido R$ 3,7 milhões do empresário Marcos Valério Fernandes de Souza, apontado como o operador do suposto "mensalão".

Contradições
Em seu parecer no conselho, o deputado Eduardo Valverde (PT-RO) considerou os depoimentos de Marcos Valério contraditórios, pois inicialmente o empresário afirmou que depositara o dinheiro na conta de uma das empresas de Vadão, mas depois alterou essa versão dizendo que teria entregue a quantia pessoalmente ao deputado em um hotel em São Paulo.
"Chama a atenção o fato de que Marcos Valério sempre se mostrou extremamente organizado, lembrando-se de detalhes de encontros, mas não consegue nem ao menos lembrar o nome do hotel em que teria feito o pagamento", afirmou o relator.
O parecer de Valverde foi aprovado pelo Conselho de Ética depois da rejeição do primeiro parecer, do deputado Moroni Torgan (PFL-CE), que recomendava a cassação do mandato do parlamentar.
A cassação somente ocorrerá em plenário se 257 deputados ou mais votarem contra o parecer do conselho.

SIGA-NOS NO Google News