Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Segunda, 29 de Novembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Associações melhoram o preço do leite

30 de abril de 2003 - 09:24

A organização dos produtores de leite em Mato Grosso do Sul colabora para que o preço do litro seja valorizado. A conclusão é da assessora de economia da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), Adriana Mascarenhas Braga, que faz pesquisa do preço dos produtos mensalmente. Em locais que pequenos, médios e grandes produtores de leite se reúnem em associações o preço do produto, conforme a pesquisa da entidade, pode chegar a R$ 0,52 o litro, enquanto em municípios sem estrutura de produção, o valor é de R$ 0,25.

No município de Aparecida do Taboado foi criado um sistema que uniu tanto pequenos quanto grandes produtores. Cada um contribui conforme o tamanho da produção. A aquisição de um resfriador e da ordenha mecanizada fez com que o leite fosse valorizado e uma estabilização de mercado. "Em plena safra do produto, alguns produtores estão recebendo até R$ 0,51 pelo litro", comentou a assessora.

Conforme Adriana, a associação de Aparecida deu tão certo, que mesmo quando os produtores enfrentam a crise com a baixa remuneração do leite, eles conseguem cobrir o custo de produção e garantir um valor bom para o produto. Hoje, o preço do litro no município não é menor que R$ 0,40.

Os produtores de Paranaíba e Selvíria, a exemplo de Aparecida do Taboado, também resolveram se organizar para adquirir os equipamentos e melhorar da qualidade do leite. Em Paranaíba, o litro está valendo até R$ 0,52 e não custa menos que R$ 0,35.
Fonte: Fabiane Sato

SIGA-NOS NO Google News