Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Terça, 21 de Setembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Assaltantes de banco levam reféns e entram em MS

17 de fevereiro de 2009 - 16:24

Os assaltantes do Banco do Brasil, da cidade de Alto Taquari, em Mato Grosso, já deixaram o banco levando três reféns: um capitão da Polícia Militar de MT, um funcionário do banco e um policial civil. Acredita-se que tenham entrado em MS, na região do Buriti, que dá acesso ao Alto Taquari, Figueirão, Alcinópolis e Figueirão. A Policia Militar de MS está de prontidão.

Teria alguma coisa a ver?

O Cassilândianews republica uma reportagem do Campo Grande News em 14 de agosto de 2008. A matéria é de autoria da jornalista Adriany Vital.

Força máxima nos casos de Costa Rica e Pedro Gomes
Quinta-feira, 14 de Agosto de 2008 19:58
Adriany Vital /Campo Grande News

O Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) Wantuir Jacini, determinou hoje que todas as corporações designadas para buscas do grupo autor dos assaltos ocorridos no início deste mês em Costa Rica, Pedro Gomes e Alcinípolis, mantenham força máxima na busca da quadrilha.

Os assaltos ocorreram em um intervalo de três dias. Em Costa Rica e Pedro Gomes, um bando fortemente armado invadiu agências bancárias provocando terror nas duas cidades. Já em Alcinópolis, o assalto foi praticado por uma dupla armado que fugiu em uma motocicleta.

Em nenhum dos crimes foram localizados os bandidos. Há suspeitas que os crimes tenham ligação e que o último assalto, tenha sido praticado para desviar a atenção da polícia.

Policiais do Garras (Grupo Armado de Repressão e Resgate a Assaltos e Seqüestros, do Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais) e investigadores da polícia civil foram encaminhados para conduzir a caçada aos assaltantes.

As declarações do secretário foram dadas durante reunião realizada na tarde de hoje no gabinete da Sejsup. Segundo Jacini, o objetivo do encontro foi o aperfeiçoamento do planejamento de combate aos criminosos, através do intercâmbio das informações levantadas pelas diversas equipes para desencadear o plano permanente operacional que cobre toda a região. O plano será apresentado até a autoridades federais para apreciação, avaliação e troca de informações.

Jacini reiterou que há várias equipes vasculhando a região, que tem baixa densidade demográfica e muitos obstáculos naturais, como serras e rios.

O encontrou reuniu o comandante geral da Polícia Militar, Geraldo Garcia Orti; o chefe de Estado Maior Geral, coronel Carlos Alberto David dos Santos; o diretor da Polícia Civil, Fernando de Paula Louzada; o comandante da Cigcoe, major Luiz Antonio Sá Braga; o titular do Garras, Ivan Barreira; o superintendente de Inteligência Policial da Sejusp, José Mandu Neto; DIP (Departamento de Inteligência Policial da Polícia Civil), Marco Pinheiro, além de delegados titulares e regionais das delegacias de Polícia Civil dos municípios do norte do Estado.


SIGA-NOS NO Google News