Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Terça, 21 de Setembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Artigo sobre turismo: o melhor aos melhores

Otávio Demasi - 15 de agosto de 2003 - 16:51

O incremento das vendas, a melhoria do padrão de qualidade, o aumento da produtividade, a melhor idéia; são alguns dos motivos que levam as empresas a darem prêmios em espécimes, mas o mais cobiçado são as viagens a seus funcionários, revendedores, vendedores, representantes e até as fornecedores que impulsionem de alguma forma os objetivos definidos. A premiação deve ser sempre inusitada e se possível exclusiva, coadunando-se com o grau sócio-cultural dos concorrentes, despertando-lhes o desejo da vitória.
No planejamento da premiação, devem ser levados em conta, entre outros: a filosofia da empresa, o perfil dos participantes, duração, concorrência, peças promocionais, a fim de se obter o esperado sucesso da campanha. O custo da empreitada é auto pagável pelo incremento das vendas, aumento da produtividade, redução de custos ou qualquer outro objetivo proposto. A programação deve ser altamente detalhada, a fim de que os vencedores, com as respectivas esposas e familiares( os maiores incentivadores) sintam-se à vontade durante o roteiro. Um amplo trabalho de convencimento, via mala-direta, correio eletrônico é de suma importância e material promocional altamente convincente.
Todos os cuidados devem ser tomados. Nada, absolutamente nada pode sair errado. Horários, programação, roteiro devem ser impecáveis, pois estamos oferecendo aos melhores o melhor. Montada a “excursão” é de suma necessidade realizar-se uma inspeção minuciosa, checando todos os itens, inteirando-se e dominando por completo o reoteiro, o que garantirá aos premiados total assistência, desde que a saída de casa até o seu regresso. A viagem de incentivo deixa de ser mero passeio fechado; ela requer exclusividade e disso depende de criatividade e esmero no seu planejamento macro.
No destino repousa a grande força de convencimento do “incentive travel”. O recheio, conteúdo, detalhes e a sofisticação: tudo tem que ser feito ´para agradar, tornando inesquecível, a fim de que fique eternamente na memória dos participantes. Deve-se passar aos concorrentes que a filosofia do prêmio é oferecer algo que é quase impossível de se adquirir isoladamente.
O potencial de incremento às viagens de incentivo dentro de nossas frontewiras é múltiplo, precisando maior entrosamento entre as empresas (agências, operadoras, prestadores de serviços), a fim de se criar opções que possam ser oferecidos as empresas compradoras de tais prêmios, que necessáriamente não precisam ser de grande porte. O que temos em abubdância são aspectos motivacionais diferenciados.
Nada impede que se escolha destinos internacionais para premiação.
Otavio Demasi- consultor de turismo/jornalista odtur@ig.com.br

SIGA-NOS NO Google News