Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 8 de Dezembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Após confronto, fronteira com Bolívia amanhece tranqüila

Marina Miranda/Campo Grande News - 04 de maio de 2006 - 09:09

A fronteira entre Brasil e Bolívia amanheceu tranqüila, após o confronto registrado ontem. Cerca de 50 pessoas permanecem na ponte que liga Arroyo Concépcion a Corumbá, mas o trânsito está fluindo sem problemas. Conforme informações da TV Morena, uma viatura da polícia está no local para garantir a segurança.
No início da noite de ontem, comerciantes bolivianos contrários à paralisação geral na província de German Busch tentaram acabar com bloqueio da fronteira na cidade de Arroyo Concépcion.

Desde o dia 28 de abril, os comitês cívicos dos municípios de Arroyo Concépcion; Puerto Quijarro; Puerto Suarez e El Carmen Riveiro Torrez promovem bloqueios que impediam o cruzamento da faixa fronteiriça e fechavam estradas, ferrovias, aeroporto e o comércio da região em defesa da criação e manutenção dos postos de trabalho pelo governo do presidente Evo Morales.
Insatisfeitos com prejuízos que o setor comercial começava a sentir, os bolivianos contrários ao “paro cívico” usaram a força para acabar com as restrições. Anunciando que o departamento de Santa Cruz havia entrado em acordo com o Governo Central e decidido pela suspensão da greve departamental de 24 horas, que seria realizada hoje, eles deram início – por conta própria – ao desmonte dos bloqueios.

Os manifestantes pró e contrários ao “paro” entraram em confronto na faixa internacional, muitos bolivianos atravessaram correndo para o lado brasileiro, com o intuito de escapar das pedras e paus que eram lançados durante a confusão. Um caminhão, que interditava a passagem, teve os vidros quebrados - empurrado pelo grupo que pregava o fim dos bloqueios o veículo quase foi lançado para fora da ponte.
A carreta teve o motor acionado e foi retirada ao som de fogos de artifício e debaixo de pedras, o que obrigou os policiais bolivianos – fortemente armados – a intervirem para evitar uma briga direta entre os envolvidos. (Com informações do Corumbá Online).

SIGA-NOS NO Google News