Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quinta, 23 de Setembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Ano da mulher será em 2004 e idoso terá seu dia

Agência Senado - 02 de setembro de 2003 - 14:15

Por unanimidade, a Comissão de Educação (CE) aprovou nesta terça-feira (2) parecer do senador Valdir Raupp (PMDB-RO) a projeto da Câmara (n° 43 de 2003) de autoria do deputado Maurício Rabelo, que institui o ano de 2004 como o Ano da Mulher. A data, de acordo com o projeto, visa contribuir para o aprofundamento da consciência cidadã sobre o papel da mulher na construção de uma sociedade mais justa, igualitária e democrática. A matéria segue agora para votação no Plenário do Senado.
Valdir Raupp lembrou que a escolha de 2004 é oportuna uma vez que, observou, em 2005 deverá ocorrer a conferência mundial sobre a mulher. Desta forma, notou, com as comemorações do Ano da Mulher em 2004, haverá tempo suficiente para se preparar uma agenda destinada a ser apresentada no evento, que ocorre a cada dez anos.



Dia do Idoso


Na mesma reunião, a CE, presidida pelo senador Osmar Dias (PDT-PR), aprovou ainda parecer do senador Leomar Quintanilha (PFL-TO) a projeto da Câmara que institui o Dia Nacional do Idoso, a ser comemorado no dia 27 de setembro de cada ano. Para o senador, a data servirá para que o Estado redimensione as políticas públicas voltadas para o atendimento do pessoal da terceira idade.
- Em todo o mundo, a população de idosos tem assumido significativa importância, principalmente em razão do contínuo aumento de seu contingente. No Brasil, as estimativas prevêem que, em 2020, o número de idosos excederá os 30 milhões e representará, aproximadamente, 15% da população brasileira - informou Leomar Quintanilha, que prestou homenagem ao professor João Batista de Medeiros pelos relevantes serviços prestados à causa do pessoal da terceira idade.
A CE também aprovou projeto do Executivo que altera a denominação da Universidade do Rio de Janeiro para Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.


SIGA-NOS NO Google News