Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 20 de Outubro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Aneel estuda adoção do pré-pago na conta de luz

Agência Brasil - 08 de outubro de 2003 - 14:57

As empresas concessionárias de energia elétrica podem vir a adotar o sistema de cartão pré-pago para o consumo de eletricidade, caso os cortes dos serviços por inadimplência sejam proibidos pelo Congresso e a Justiça. Segundo o superintendente da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Gilberto Morais Pimenta, o cartão pré-pago já é utilizado em outros países e pode ser uma forma de as concessionárias se precaverem contra a inadimplência.

“Quando a Inglaterra proibiu o corte da energia, as empresas concessionárias inglesas tiveram que arrumar uma saída, que foi o cartão pré-pago. Só que esse sistema ainda é muito caro, até por isso ainda não chegou aqui. Mas essa é uma tendência clara. No fim das contas, quem vai pagar caro é o consumidor que paga as contas em dia”, salientou Pimenta.

O presidente da Aneel explica que, no sistema de cartão pré-pago, o usuário compra o cartão com a quantidade de quilowatts que desejar gastar, assim como funcionam os telefones celulares pré-pagos. Com isso, não há como existir a inadimplência, afirmou.

“O Congresso tem sido muito ativo na questão da proibição dos cortes. O consumidor tem o direito de receber energia elétrica, mas ele também tem o compromisso do pagamento das tarifas, isso é uma prestação de serviços. Se houver um aumento na inadimplência por causa de uma decisão dessas, as concessionárias do serviço no Brasil serão obrigadas a aumentar o valor da tarifa”, concluiu Pimenta.

Gilberto Pimenta participou na manhã de hoje, em São Paulo, de Seminário da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee).

Carlos Gustavo Yoda

SIGA-NOS NO Google News