Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 10 de Agosto de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Alerta no Campo espera que 40 prefeituras parem dia

Fernanda Mathias/Campo Grande News - 11 de maio de 2006 - 10:16

A coordenação do movimento Alerta no Campo, deflagrado por produtores rurais de Mato Grosso do Sul no dia 26 de abril, espera que de 30 a 40 prefeituras adiram à paralisação geral marcada para o dia de mobilização nacional, 16 de maio, terça-feira próxima. A informação é do diretor-secretário da Famasul (Federação da Agricultura de Mato Grosso do Sul), Ademar Silva Júnior.

Ele deve se reunir na tarde desta quinta-feira com o presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), Eraldo Leite, para pedir apoio das prefeituras. O movimento é uma forma de expor a crise vivida no campo que atinge outros setores econômicos e prejudica o poder público, trazendo impactos negativos na arrecadação de impostos.

A diretora da Famasul, Teresa Cristina Corrêa da Costa, afirma que o setor espera adesão do comércio, com fechamento de lojas, pelo menos durante a passeata dos produtores, que caminharão nas principais ruas dos municípios. Em Campo Grande a saída da marcha está programada para às 13 horas do dia 16, de ponto ainda a ser definido. Ao fim do trajeto, os produtores se concentrarão na praça do Rádio Clube. O movimento Alerta no Campo bloqueou rodovias, o que está impedido por decisões judiciais, e continua fechando armazéns de grãos em vários municípios do Estado. Teve início no Mato Grosso e já tem várias unidades da federação envolvidas.

SIGA-NOS NO Google News