Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

30/05/2015 08:08

Zika é a quarta doença transmitida pelo mesmo mosquito da dengue

Ricardo Campos Jr.,Campo Grande News

Identificada no Brasil no fim de abril e ainda desconhecida pela maior parte da população, a Zika é a quarta doença que pode ser transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, sendo as demais: dengue, febre amarela e chikungunya. Mais de 500 pessoas foram infectadas pelo vírus na região nordeste e recentemente foi descoberto um caso em São Paulo.

 

Para o médico infectologista Rivaldo Venâncio, é uma questão de tempo até começarem as notificações em Mato Grosso do Sul.

“Em uma escala de um a cem, eu diria que há 99,99% de chances de esse vírus chegar ao estado, porque onde tem Aedes, pode ter Zika e hoje, com os meios de transporte facilitados, é praticamente impossível que a doença não se espalhe”, afirma.

Pelas ruas da cidade, poucos conhecem a doença e acham graça do nome dado ao vírus. “Agora deu ‘zica’ mesmo”, disse o comerciante Edimilson Bao, 50 anos. “Para mim é relaxismo das pessoas, que deveriam ter capricho, mas não cuidam do quintal. Não adianta nada eu limpar o meu, se meu vizinho não faz o mesmo”.

“Eu acho que o nome dessa doença está mais para apelido. Agora tem que esperar para ver qual é a próxima doença que o Aedes vai transmitir, porque mosquito, aqui na cidade, é o que não falta”, diz o motorista Rogério da Silva, 43 anos.

Marcelo Taveira, 35 anos, também considerou engraçada a nomenclatura e concorda que, dado o descuido da população, logo veremos os primeiros casos na cidade. “Infelizmente o povo é relaxado”, diz.

Zika é o nome da floresta na Uganda onde o vírus foi identificado pela primeira vez, em macacos. O primeiro caso em humanos foi descoberto em 1968 e até 2007 não havia casos fora da África.

Efeitos – Venâncio explica que a maioria dos sintomas da Zika é semelhante aos da dengue, como febre e dores no corpo. Também pode ocasionar irritação acompanhada por dores nos olhos, manchas vermelhas, inchaço nas mãos e nos pés, além de perda de sensibilidade transitória.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)