Cassilândia, Terça-feira, 24 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

13/06/2004 09:42

Zeca vai 2ª feira à conferência da ONU sobre comércio

Agência Popular

O governador Zeca do PT participa segunda-feira, no Centro de Convenções do Anhembi, em São Paulo, ao lado do presidente Lula, da 11ª Conferência da Unctad (Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento). Lula fez o convite ao governador Zeca, que segunda-feira à tarde se reúne com os presidentes dos países que integram o Mercosul. A Conferência das Nações Unidas, que começa neste domingo e vai até a próxima sexta-feira, reúne chefes de estado e de governo e representantes de mais de 70 países. O aumento da integração entre os países em desenvolvimento será o centro dos debates do encontro.

Os países em desenvolvimento vão tentar ressuscitar na reunião da Unctad um acordo firmado em 1989 e que estabelece um modelo de tarifas preferenciais para cerca de 40 membros. O SGPC (Sistema Global de Preferências Comerciais) foi assinado há 15 anos, por cerca de 40 membros do G-77 (grupo de países em desenvolvimento), e amarga poucos avanços por parte dos signatários. O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, defende a revitalização do que chama de "um importante mecanismo de integração".

Em linhas gerais, o sistema estabelece modelos de tarifas preferenciais para os seus integrantes. Para arregimentar mais adeptos, uma resolução definitiva sobre o modelo negociador deve sair no final do ano, para dar espaço ao ingresso de outros países. Um dos parceiros mais cobiçados é a China, que não é signatária do acordo. O ressurgimento das discussões sobre o sistema de preferências tarifárias entre os países em desenvolvimento tem um forte viés econômico.

Dados da Unctad revelam que o volume de comércio entre esses países têm crescido a taxas anuais ao redor de 11%, acima do dobro do volume médio global. Mais: 40% das exportações dos países em desenvolvimento vão para os seus pares. Diante disso, a Unctad projeta que uma redução média de 50% das tarifas dos países que atualmente participam do SGPC poderia gerar um acréscimo de US$ 15,5 bilhões no comércio dos países em desenvolvimento.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 24 de Janeiro de 2017
Segunda, 23 de Janeiro de 2017
20:53
Loteria
09:00
Maternidade
Domingo, 22 de Janeiro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)