Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

11/07/2005 15:25

Zeca tenta minimizar crise e pede consenso a petistas

Fabiana Silvestre / Campo Grande News

Lembrando à cúpula petista a grave crise política que atinge diretamente o partido, o governador Zeca do PT propôs nesta segunda-feira a conciliação entre as mais variadas correntes internas e o consenso na formação das chapas - ou, de preferência, uma única -, na disputa pelo diretório regional. A intenção é evitar maior desgaste do partido, que é alvo de denúncias de corrupção em estatais e de pagamento de "mensalão" a congressistas.

As eleições petistas estão mantidas para 18 de setembro, mas até lá, ainda haverá muitas reuniões, com o objetivo de se buscar um único nome e angariar o apoio dos outros quatro candidatos ao sucessor de Mariano Cabreira – ou mesmo a Cabreira à reeleição.

“Não uso a palavra consenso porque todo consenso é burro. O que definimos é que vamos abrir um diálogo com todos os candidatos para tentar construir uma posição de maioria, que contemple todas as correntes”, explica Cabreira, candidato pela chapa “Socialismo e Democracia”, apoiado pela corrente “PT de Lutas e Massas”.

Cabreira, como presidente regional, e os secretários estaduais Raufi Marques (Coordenação Geral de Governo) e Ronaldo Franco (Gestão Pública) foram designados pelo governador para compor uma comissão encarregada de avaliar a viabilidade do consenso, conversando com os outros quatro candidatos colocados.

Segundo Cabreira, as reuniões já estão sendo agendadas. Ele admite declinar da disputa, mas diz que ainda é cedo para tal decisão. “Os problemas do partido são maiores do que as pretensões pessoais. Precisamos saber o que pensam cada um dos candidatos, dialogar muito para depois tomarmos uma decisão”, afirma.

O candidato do campo majoritário, Ben-Hur Ferreira, pela chapa “Unidade para Vencer”, disse nesta segunda-feira que também se dispõe a entrar em entendimento. Ainda assim, Ferreira, que tem o apoio do governador Zeca do PT e do senador Delcídio do Amaral, pré-candidato ao Governo do Estado, destaca que a candidatura à regional está mantida.

A ala esquerda do partido destaca a igual disposição de dialogar. “O nosso candidato defende a decisão do grupo. Vamos avaliar, mas defendemos sim o debate interno”, afirma o deputado estadual Pedro Kemp, líder governista na Assembléia Legislativa. Ele apóia o candidato Rubens Alves da Silva, pela chapa “A Esperança é Vermelha”. Ao contrário da ala majoritária, que busca o consenso, a esquerda petista acha saudável a disputa interna. “Não vemos problemas na disputa, no debate interno. O que não podemos é admitir nada imposto, nenhuma decisão de cima para baixo”, conclui.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)