Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

20/12/2004 15:17

Zeca do PT defende privatização das BRs 163 e 267

André Felipe / Campo Grande News

O governador de Mato Grosso do Sul, Zeca do PT, voltou a defender hoje, durante entrevista em Nova Andradina, a privatização das rodovias federais BR-163 e BR-267, que cortam o Estado. O assunto será discutido amanhã durante audiência de Zeca com o ministro dos Transportes, Alfredo do Nascimento.
"Sou simpático a essa idéia, o ministro [chefe da Casa Civil] José Dirceu fez a sugestão e nós vamos tratar do assunto com o ministro dos Transportes. Acho que a iniciativa privada tem mais competência para cuidar desse setor", argumentou Zeca.
A proposta que o governador levará ao ministro é a estadualização dos trechos da BR-163 entre Sonora e Campo Grande (aproximadamente 400 quilômetros), Campo Grande e Nova Alvorada (110 quilômetros) e de Dourados a Mundo Novo (231 quilômetros). Da BR-267 Zeca quer estadualizar o trecho de aproximados 300 quilômetros entre Nova Alvorada e Bataguassu, divisa com São Paulo. Sendo repassadas para o Estado, essas rodovias seriam, em seguida, cedidas para a iniciativa privada que se responsabilizará por sua manutenção, execução de obras de melhorias onde for necessário e em contrapartida, cobrará pedágio.
O governador entende que a gestão privada é mais rigorosa na fiscalização do tráfego de cargas, apontado como principal responsável pela deterioração das rodovias nacionais. "Não adianta o governo federal ou o governo do Estado arrumar, se os caminhões carregam duas, três ou até quatro vezes a carga máxima permitida. Quem quer que vença as licitações para exploração do pedágio nessas rodovias, a primeira providência a ser tomada será a instalação de balanças para pesar a carga e zelar pelo pavimento”, concluiu. As informações são da Agência Popular.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)