Cassilândia, Segunda-feira, 28 de Maio de 2018

Últimas Notícias

25/03/2004 10:10

Zeca com Alckimin conversa sobre a ponte em Aparecida

APn

O governador Zeca do PT está reunido neste momento, com o governador Geraldo Alckmin, para tratar das ligações rodoferroviárias entre Mato Grosso do Sul e São Paulo. Participam da reunião o secretário de Estado de Coordenação Geral do Governo, Paulo Duarte, o secretário de Estado de Infra-Estrutura e Habitação, Carlos Augusto Longo Pereira, e o secretário de Transportes de São Paulo, Luiz Paulo Veloso Lima.

O governador Zeca está tratando da parceria dos dois estados nas articulações para viabilização da rota bioceânica Santos-Antofagasta, a partir da recuperação de trechos da ferrovia entre Bauru (SP) e Corumbá (MS), que inclui a ponte ferroviária de Jupiá, e equipamentos para a ponte rodoferroviária entre Aparecida do Taboado (MS) e Santa Fé do Sul (SP), além da reivindicação de 30 prefeitos da região da Nova Alta Paulista, que pedem ações articuladas entre os dois estados para assegurar recursos à conclusão de mais uma ponte que liga São Paulo e Mato Grosso do Sul, entre os municípios de Brasilândia (MS) e Paulicéia (SP). A obra já foi iniciada pela Cesp, mas seu prosseguimento depende de recursos federais.

A ligação entre Aparecida do Taboado e Santa Fé do Sul é o principal ponto da agenda dos dois governadores nesta quinta-feira no Palácio dos Bandeirantes. A ponte rodoferroviária sobre o rio Paraná, que interliga o Centro-Oeste ao Sudeste do Pais, nasceu de um projeto idealizado em 1975, aprovado pelo Congresso e sancionado pelo presidente Ernesto Geisel.

Em 19 de maio de 1989, em licitação aberta pelo então presidente José Sarney, a Ferronorte venceu a concorrência de concessão por 90 anos para a construção e operação da ferrovia, tornando prioritária a obra de construção da ponte. Em 1997, logo após a retomada das obras da ferrovia, a ponte foi incluída pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso entre as obras prioritárias do governo federal. A ponte foi concluída em 29 de maio de 1998.

Com estrutura em treliça metálica e vão de 100 metros entre pilares, a ponte rodoferroviária tem 2 mil metros de extensão sobre água e 1.170 metros de viadutos de acesso. Possui dois níveis de rolamento, sendo a linha férrea no plano inferior e quatro faixas rodoviárias de rolamento no pavimento superior.

Segundo o governador Zeca do PT, a transposição rodoferroviária sobre o rio Paraná beneficia vários municípios do Bolsão, região formada por 11 unidades administrativas sob a influência de três hidrelétricas no complexo de Urubupungá, que inicia no município de Bataguassu, ao Sul, e vai até o município de Paranaíba ao Norte.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 28 de Maio de 2018
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)