Cassilândia, Quarta-feira, 12 de Agosto de 2020

Últimas Notícias

07/06/2020 22:18

Wizard desiste de cargo e diz que vai continuar ação que ajudou famílias em MS

Por Liniker Ribeiro, Campo Grande News

 

Indicado a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, e no centro de uma polêmica após sugerir a recontagem de óbitos por covid-19, no Brasil, o empresário Carlos Wizard anunciou neste domingo (7) que irá abrir mão da indicação para dar continuidade ao trabalho solidário que desemprenha em prol de refugiados. Desde 2018, Wizard e a esposa têm incentivado projetos que atendem famílias venezuelanos e, inclusive, chegou a realizar doações em dinheiro a municípios sul-mato-grossenses que acolheram refugiados.

Dono de uma fortuna avaliada em R$ 2,1 bilhões, foi por meio dele que muitas pessoas conseguiram deixar seu país de origem e recomeçar a vida em cidades brasileiras.

Em Mato Grosso do Sul, além da Capital, Jardim, Ponta Porã e Dourados receberam parte da quantia doada pelo empresário. Os municípios foram os primeiros a receber refugiados venezuelanos, trazidos pela força-tarefa humanitária apoiada por Wizard e pela Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

De formação mórmon, Carlos Wizard Martins se tornou bilionário após vender a rede de escolas de idiomas Wizard, no ano de 2013, e em 2018 chegou a se mudar com a esposa de São Paulo para Boa Vista (RR), onde se dedicou a ajudar os refugiados a ter a chance de recomeçar em cidades brasileiras.

Agora, em 2020, o empresário tem movimentado uma verdadeira crise entre estados e municípios ao acusar os secretários de Saúde brasileiros de manipularem dados sobre óbitos decorrentes da covid-19, em busca de mais “orçamento”. Também defendeu a revisão dos dados divulgados, por distorção dos números.

Após as declarações, neste domingo, Wizard anunciou estar deixando a função de conselheiro informal do Ministério da Saúde e que não aceitará a indicação.

“Recebi o convite para assumir a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos da pasta. Agradeço ao ministro Eduardo Pazuello pela confiança, porém decidi não aceitar para continuar me dedicando de forma solidária e independente aos trabalhos sociais que iniciei em 2018 em Roraima”, afirma Wizard, conforme o site da Revista Veja. 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 11 de Agosto de 2020
09:00
Santo do Dia
Segunda, 10 de Agosto de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)