Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/09/2010 17:42

Volta a ficar em segredo de justiça processo da Uragano

Campo Grande News/ Marta Ferreira

Voltou a ficar em segredo de justiça o processo contra 60 envolvidos na Operação Uragano, que investiga a corrupção em Dourados. A ação por corrupção ativa que corre na 1ª Vara Criminal de Dourados, cuja titular, Dileta Terezinha Thomaz havia revogado o sigilo, entendendo que o a ação é de interesse público.

Ela já havia, inclusive, autorizado a obtenção de cópias da investigação pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) na cidade, mas uma decisão de hoje do desembargador Carlos Eduardo Contar determinou o retorno do sigilo, que já foi reimplantado ao processo. A decisão de Contar foi em atendimento a petição de um dos advogados das partes.

Em despacho do dia 21 de setembro, a magistrada Dilega Terezinha pontuou que o caso é de interesse público e por isso deveria ficar disponível para consulta.

Na mesma decisão, ela decidiu pelo desmembramento do caso, em dez processos, alegando que isso pode agilizar o andamento das ações, em razão do alto número de réus.

A juíza tambéu deu prazo de 10 dias para que as partes apresentem sua defesa prévia, além de constituírem defensor.

A denúncia foi apresentada na semana passada, com base nas gravações da Operação Uragano, que mandou para a prisão 28 pessoas, entre elas o prefeito de Dourados, Ari Artuzi (sem partido), preso em uma cela da 3ª Delegacia de Polícia em Campo Grande.

A ação contra ele corre no Tribunal de Justiça e ainda está sob segredo de justiça.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)