Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

02/02/2013 12:26

Vítima é liberada de sequestro com ajuda de Defensor Público

Carla Gavilan Carvalho, Jornal Tribuna Livre

O Defensor Público Homero Lupo Medeiros, lotado na 2ª Defensoria Pública Civil da comarca de Paranaíba, foi chamado na noite dessa quarta-feira (30) para ajudar as Polícias Civil e Militar a negociar a liberação de uma mulher vítima de cárcere privado.

De acordo com os registros da polícia, um homem de 20 anos mantinha uma mulher como refém após realizar assalto em uma drogaria. Na saída do local ele foi perseguido pelo dono do estabelecimento e, na tentativa de fuga, o assaltante fez a mãe do comparsa como refém, em uma residência, para não ser apreendido.

Para se entregar à polícia, o rapaz solicitou a presença de um Defensor Público.
“A presença da Defensoria Pública foi uma das reivindicações do autor do crime para que ele liberasse a vítima, pois acreditava que somente com a presença da imprensa, da OAB e da Defensoria Pública é que sua integridade física estaria garantida. Assim que solicitou, fui chamado pelo Promotor de Justiça Fábio I. Goldfinger e pelo Delegado de Polícia Arivaldo Teixeira para ajudar na negociação”, explica o Defensor Público.

O Defensor Público participou das três horas e meia de negociação e acompanhou o assistido durante a lavratura do auto de prisão em flagrante, além do encaminhamento à carceragem da Polícia Civil para garantir a sua integridade física.

“O caso foi importante para demonstrar que a Defensoria Pública não se limita atuar na fase judicial da persecução penal, mas também na fase do inquérito, prestando assistência jurídica integral e gratuita até mesmo na cena do crime”, afirma o Defensor Público.

Durante esta semana serão tomadas a providências cabíveis para que os interesses do assistido sejam preservados.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)