Cassilândia, Segunda-feira, 26 de Junho de 2017

Últimas Notícias

14/06/2010 18:51

Vítima de "pegadinha”, Nelson Trad agride equipe do CQC

Paulo Fernandes, Campo Grande News

Após cair em uma “pegadinha”, o deputado federal Nelson Trad (PMDB) se irritou com a repórter Monica Iozzi e agrediu a equipe do programa televisivo CQC (Band), dentro do Congresso Nacional. O caso ocorreu na última quarta-feira, mas só se tornou publico hoje.

Nelson Trad confirmou a agressão e disse que não irá tentar impedir a exibição do programa, nesta segunda-feira. Ele argumenta que queria preservar a imagem e que teria sido abordado de forma grosseira.

O CQC colocou uma moça para recolher assinaturas de deputados e senadores, para mostrar que eles assinavam documentos sem ler. O documento pedia a inclusão de um litro de cachaça no Bolsa Família. Nelson Trad assinou e foi informado depois sobre o teor do abaixo-assinado.

Ao Campo Grande News, o deputado disse que é comum pessoas pedindo assinaturas para obter quorum para as votações. “Você não sabe mesmo o que está assinando”, afirmou. “Aldo Rebelo, anos atrás, em uma brincadeira como essa, assinou um projeto de lei que restaurava a escravidão do Brasil”, acrescentou.

Após a assinatura, segundo Nelson Trad, Monica Iozzi enfiou o microfone na boca dele e começou a falar “filma, filma” para o cinegrafista. “Estou no direito legítimo de preservar a minha imagem. Eu dei uma porrada no peito do cinegrafista. Fiz isso de forma moderada”, disse. Ele confirmou também que empurrou a repórter.

O deputado federal disse que durante muitos anos sempre resolveu os problemas com os repórteres de forma educada. “Eles podem passar mil vezes. Não faria nada para impedir a exibição”, reafirmou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 26 de Junho de 2017
Domingo, 25 de Junho de 2017
15:50
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)