Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

08/10/2014 13:00

Vítima de homicídio na Vila Nhá-Nhá já tinha passagens pela polícia

Campo Grande News

Jackson Willian da Silva Ozuna, 23 anos, executado de noite de sábado (04) com Robson Gonçalves de Mendonça, 25 anos, na Vila Nhá-Nhá, em Campo Grande, tinha passagens pela polícia. O crime aconteceu em uma casa na Rua Floriano Paula Corrêa.

Segundo dados do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) Jackson era réu em processos de tentativa de homicídio, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, que tramitam na 1ª Vara do Tribunal do Júri, 6ª e 1ª varas criminais da Capital, respectivamente.

Consta em registro policial que em 2010, o rapaz de 23 anos atirou três vezes contra Ricardo Oliveira Rosa, que sobreviveu à tentativa de homicídio. Dois anos antes, Ricardo matou com duas facadas o estudante Jeferson da Silva Chaves, após uma festa de aniversário no Bairro São Conrado.

Crime na Nhá-Nhá – Jackson e Robson foram executados por dois homens que chegaram a casa em uma moto Honda Twister preta. O piloto ficou ao lado de fora, enquanto o passageiro invadiu o local atirando com uma pistola 9 milímetros. O corpo de Jackson apresentava ferimentos por seis tiros. Robson, atingido por oito disparos, morreu debaixo de uma cama. A reportagem não encontrou registros de atecendetes criminais no nome dele. O caso é investigado pela 5ª Delegacia de Polícia da Capital.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)