Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

07/11/2007 18:06

Vítima conta momentos de horror vividos em cárcere

Aline Queiroz/Campo Grande News

Depois de passar dez horas nas mãos de assaltantes, Cibele Karina Duarte Takashiro, 28 anos, contou os momentos de horror vividos da noite de ontem até a manhã desta quarta-feira. Ela, o marido, Marcelo Tuda, e os filhos Igor Takashiro Tuda, 5 anos, e Pedro Takashiro Tuda, 2 anos, foram mantidos reféns na própria residência, localizada em Nova Andradina, município distante 347 quilômetros de Campo Grande.

Cibele estava com as crianças e o marido dormia quando dois ladrões invadiram a casa e anunciaram o assalto. Os ladrões começaram a gritar, atitude que despertou Marcelo. Os autores exigiam que a família entregasse dinheiro e a chave da caminhonete S-10 Tornado placa HSU-0240, de Nova Andradina.

Mais um integrante do grupo chegou na casa e disse que levaria a família como refém, entretanto, desistiu da idéia e fugiu com o veículo. Os outros dois permaneceram na residência e vasculharam todo imóvel à procura de um cofre, que não existia.

Os dois bandidos que ficaram na casa tomaram café, água e refrigerantes. O objetivo dos assaltantes era manter a família refém enquanto um dos ladrões fugia com a caminhonete.

O plano começou a falhar quando Douglas Conrado da Silva, 33 anos, foi preso com a caminhonete no distrito de Culturama, em Fátima do Sul, cidade distante 242 quilômetros de Campo Grande. Ao descobrirem a história, policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) seguiram para a casa dos donos do veículo e os assaltantes que ficaram no local para assegurar que o comparsa fugisse, quando perceberam a presença da polícia não se entregaram, mantendo a família refém.

A negociação com os assaltantes envolveu policiais civis, militares, rodoviários, agentes do DOF, além do suporte do Corpo de Bombeiros, do Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais) e do GAT (Grupo de Ações Táticas Especiais). Após dez horas de cativeiro, a dupla que mantinha a família presa na casa decidiu libertá-la.

Cibele conta que este foi o momento mais tenso. “Foi nesta hora que eu senti mais medo, quando eles falaram que podíamos sair, que estávamos liberados”. As vítimas saíram da casa e logo os autores deixaram as armas e se jogaram no chão para serem presos.

Um adolescente de 16 anos foi apreendido e Giuliano Garcia, 28 anos, preso pelo roubo, assim como Douglas Conrado da Silva, flagrado com a caminhonete. Garcia já cumpriu pena pelo mesmo crime, além de tráfico em Minas Gerais e em Ponta Porã. Garcia e Silva deverão ser transferidos de Nova Andradina para a Penitenciária de Segurança Máxima Harry Amorim Costa, em Dourados.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)