Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

30/06/2016 17:00

Vírus zika causa inflamação nos olhos em adultos

EPharma Notícias

Ribeirão Preto - Pesquisadores da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP acabam de publicar a primeira descrição de inflamação intraocular em adultos causada pelo vírus zika, o mesmo que é transmitido pelo Aedes aegypti.

O artigo foi publicado na The New England Journal of Medicine, revista considerada uma das mais importantes do mundo na área médica, e descreve pela primeira vez uma inflamação intraocular em adultos causada pelo vírus zika.

Até então, a comunidade científica acreditava que a zika adquirida causava somente conjuntivite.

Potencial de gravidade

"Essa é uma manifestação nova e potencialmente mais grave do quadro ocular. Pela primeira fez na literatura científica, está descrita a zika adquirida em associação com inflamação dentro do olho. Eram conhecidas somente as alterações oculares causadas pela zika congênita, aquela em que os bebês podem desenvolver lesões graves e permanente", relata o professor João Marcello Furtado, do Departamento de Oftalmologia, Otorrinolaringologia e Cirurgia da Cabeça e Pescoço da FMRP.

Primeira vez

O professor diz que essa é também a primeira vez que o material genético do vírus foi isolado a partir de amostras de líquido de dentro do olho, o chamado humor aquoso que fica na câmara anterior do olho.

"Essa é uma demonstração de que o vírus pode ultrapassar as barreiras que protegem o olho contra infecções", alerta Furtado.

O professor disse ainda que não há um tratamento específico para inflamação ocular causada pelo zika e que, no caso relatado na revista, o paciente - que foi atendido pelo Hospital das Clínicas da FMRP - foi tratado com colírio a base de corticoide, medicamento padrão para os casos de uveítes.

A tentativa de controle da inflamação teve sucesso uma semana após o início do tratamento. Além do professor Furtado, participam do trabalho o professor Benedito Antonio Lopes da Fonseca, o médico oftalmologista Tomás Teixeira Pinto, do Hospital das Clínicas da FMRP e Taline Klein e Danillo Espósito, do Laboratório de Virologia da FMRP.

Achados clínicos

O caso relatado na The New England Journal of Medicine é de um homem de cerca de 40 anos, atendido em janeiro no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - FMRP, que teve sintomas compatíveis com a zika, associados a olho vermelho. Num primeiro momento, o paciente e o médico acreditaram ser conjuntivite. Entretanto, diz o pesquisador, na avaliação oftalmológica foi evidenciada inflamação intraocular, a chamada uveíte.

As uveítes podem ser causadas por agentes infecciosos como vírus, bactérias ou protozoários ou por doenças autoimunes.

Pela suspeita de que esta inflamação era causada pelo vírus zika, foi coletada amostra do líquido intraocular, o humor aquoso.

"Os exames de sangue do paciente deram positivos para zika e, para nossa surpresa, a amostra do material intraocular também continha material genético do vírus zika".

Complicações

O pesquisador lembra que a inflamação dentro do olho, na parte anterior, tem como possíveis complicações o desenvolvimento de catarata e aumento da pressão do olho.

Caso isso venha a ocorrer de maneira prolongada pode levar ao desenvolvimento de glaucoma, por isso a necessidade de tratamento imediato e adequado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)