Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

25/03/2010 18:43

Virose contagiosa faz Iagro abater porcos em Dourados

Campo Grande News/ Edivaldo Bitencourt

Técnicos da Iagro (Agência Estadual de Defesa da Sanidade Animal e Vegetal) abateram dezenas de porcos em propriedades rurais de Dourados, a 230 quilômetros da Capital, para evitar a propagação da doença Aujeszky, virose altamente contagiosa entre mamíferos e aves.

Em nota técnica, o órgão confirmou reação sorológica positiva em algumas propriedades rurais de Dourados. Os suínos foram sacrificados. Somente na Fazenda Nazaré, na região de Guaçu, foram abatidos 40 animais, conforme o jornal Diário MS desta quinta-feira.

“A Doença de Aujeszky é uma doença viral, altamente contagiosa, que afeta a maioria dos mamíferos e aves, porém os suínos e javalis são os únicos hospedeiros naturais do vírus”, informou em nota técnica divulgada hoje à tarde.
“Nas demais espécies animais a doença é fatal”, ressaltou, sinalizando que não há risco para os seres humanos.

O órgão não informou quantos animais nem em quantas propriedades rurais houve sacrifício. Só justificou que a medida visa “salvaguardar o rebanho suíno do Mato Grosso do Sul, principalmente, da grande Dourados e retomar o mais rápido o mais rápido a exportação para países importadores de carne suína”.

A Doença Aujeszky é conhecida como pseudoraiva que causa a morte de leitões e diminui o ganho de peso dos animais adultos.




Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)