Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

23/03/2007 19:37

Vigia ganhou R$ 1mil para ajudar a matar médico

Maristela Brunetto/Campo Grande News

O vigilante do hospital de Novo Horizonte do Sul Wandir Roque Fernandes da Silva, 44 anos, recebeu R$ 1 mil do médico Miguel Angel Carbalhar Arévalo para participação no homicídio de Ademir Aparecido Pimenta dos Reis, também médico. A informação foi divulgada na tarde desta sexta-feira pelos delegados Rinaldo Gomes Moreira e Marlúcia Sassaki, que ouviram os dois presos, em Nova Andradina. O disparo, de uma arma de calibre 12, que atingiu o médico foi efetuado por Arévalo.

Segundo a polícia, Silva abordou a vítima, que seguia de carro na estrada entre Nova Andradina e Taquarussu. Com o carro de Reis parado, Arévalo saiu de um matagal e efetuou disparos. A psicóloga Sueli Lopes Pinheiro e a enfermeira padrão Amanda Barthi, que estavam de passageiras, também foram feridas, por disparos efetuados pelo vigilante. Ambas estão internadas em Dourados, onde Ademir dos Reis morreu ontem cedo, um dia após ser ferido.

A polícia conseguiu encontrar a escopeta usada por Arévalo, perto de um córrego, roupas sujas de sangue que seriam do vigilante e do médico. O material será submetido a perícia no IML (Instituto Médico Legal) de Nova Andradina.

Paixão e poder - Essa é a combinação que motivou o crime, opina o delegado Rinaldo Moreira. A parte passional é em função de ambos terem envolvimento amoroso com uma enfermeira de Ivinhema. Mas há outro aspecto sendo investigado. O médico confessou que queria o cargo mais importante do hospital Coração de Jesus, de Taquarussu.

Arévalo contou uma versão de que teria recebido a sinalização de ficar na direção clínica do hospital através de duas pessoas, supostamente da enfermagem, alegação ainda a ser conferida.

Contra a enfermeira envolvida com os médicos não há indícios, mas a polícia vai investigar também o extravio do celular dela, comunicado pela mesma à polícia ontem cedo. O aparelho foi encontrado no carro da vítima. A enfermeira informou tê-lo extraviado na tarde do dia 21, na estrada que liga Nova Andradina a Taquarussu, mesmo turno e região onde houve a emboscada.

Os dois presos ficarão no 1º Distrito de Nova Andradina. O médico, que mora em Dourados, está em cela especial.

(Colaborou Marcos Donzeli, da FM Excelsior, de Nova Andradina)


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)